Toshiba se retira completamente do ramo de PCs após 35 anos

Empresa vendeu todas ações restantes da Dynabook, sua marca de notebooks
Por Mariela Cancelier 10/08/2020 10:38 | atualizado 10/08/2020 10:38 Comentários Reportar erro

A Toshiba vendeu completamente as ações de sua marca de notebooks Dynabook para a Sharp Corporation, outra fabricante japonesa de eletrônicos e uma das empresas mais conhecidas do ramo no mundo. Com isso, a Toshiba termina de vender as ações da marca das quais ainda tinha posse e se retira do mercado de computadores completamente, já que o único segmento em que ela estava participando atualmente era o de notebooks. A Toshiba foi pioneira no setor de computadores portáteis e acabou encerrando sua atuação na indústria após 35 anos de trabalho.

Dynabook - site oficial

A empresa anunciou a venda das ações por meio de um comunicado oficial em seu site: 

"A Toshiba, por meio deste, anuncia que transferiu 19,9% das ações em circulação da Dynabook Inc. que detinha para a Sharp Corporation. Como resultado dessa transferência, a Dynabook se tornou uma subsidiária integral da Sharp [...]
Em 30 de junho de 2020, nos termos do contrato de compra de ações, a Sharp exerceu uma opção de compra para as ações restantes em circulação da Dynabook detidas pela Toshiba, e a Toshiba concluiu os procedimentos para sua transferência.
"
- Comunicado publicado no Press Release da Toshiba

"A Toshiba, por meio deste, anuncia que transferiu 19,9% das ações em circulação da Dynabook Inc. que detinha para a Sharp Corporation. Como resultado dessa transferência, a Dynabook se tornou uma subsidiária integral da Sharp [...]
Em 30 de junho de 2020, nos termos do contrato de compra de ações, a Sharp exerceu uma opção de compra para as ações restantes em circulação da Dynabook detidas pela Toshiba, e a Toshiba concluiu os procedimentos para sua transferência.
"
- Comunicado publicado no Press Release da Toshiba

Ainda de acordo com a mensagem da empresa, a Toshiba vendeu no início do ano 80,1% da marca Dynabook para a Sharp, mantendo ainda 19,9% de vínculo. Após alguns meses, a Toshiba entregou a porcentagem que ainda mantinha ativa nos negócios após uma oferta de compra da Sharp.

- Continua após a publicidade -

Nenhuma das empresas esclareceu quais foram os motivos para a aquisição total da Dynabook por parte da Sharp ou completa retirada da Toshiba do mercado de PCs. Obviamente, a Sharp é uma empresa gigante do setor e tem seus motivos de investimentos, mas ainda não se sabe o que influenciou a Toshiba a encerrar sua carreira num ramo da qual foi pioneira. 

Especula-se que a Toshiba começou a sentir baixas no mercado nos últimos anos por conta do aumento da competitividade no mercado. Marcas como Apple, Dell, Lenovo, Samsung e muitas outras entraram no ramo, trazendo soluções cada vez menores, mais leves e potentes. Isso acabou fazendo com que a empresa ficasse atrás em relação às concorrentes.

Outro fator que pode ter influenciado a "queda" da Toshiba foi o alto investimento na tecnologia HD DVD, que foi substituída pelo Blu-ray e streamings de áudio logo após o lançamento dos produtos da marca. Com a obsolência logo de início, a empresa teve prejuízos. A Toshiba não tem uma participação ativa e notória no mercado de PCs há anos, e estava completamente apagada desde 2018.

A marca Dynabook vai continuar existindo, mas agora totalmente administrada pela Sharp. Enquanto isso, a Toshiba vai continuar na produção de outros dispositivos eletrônicos

Via: Mundo Conectado Fonte: Toshiba
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.