Créditos: Reprodução/ Aroged

Vazamento revela processador Intel Atom "Grand Ridge" de 24 núcleos, PCIe 4.0 e DDR5

O novo CPU deve chegar no processo de litografia de 7nm para estações de base 5G

Novos rumores indicam que a Intel está trabalhando em um processador de 24 núcleos, que está sendo chamado pelo codinome "Grand Ridge". Ele apresenta uma arquitetura baseada em Atom, projetada para estações de base 5G. Segundo os vazamentos, ele é um sucessor do Snow Ridge, com um design muito semelhante. As principais diferenças ficam com os novos recursos adicionados nesta nova geração, como suporte a memória DDR5 e PCIe 4.0.

Essa CPU faz parte da linha Atom, de processadores híbridos da Intel. Eles são voltados para servidores de baixo consumo e alta contagem de núcleos, atendendo micros servidores, NAS, hardware de infraestrutura de rede e estações base de telefonia. Essas informações tem como fonte um slide (que parece ser usado pela equipe de desenvolvimento da Intel), divulgado pelo AdoredTV.

Parece que a Intel está planejando que o "Grand Ridge" seja desenvolvido na litografia HLL + 7 nm, com 24 núcleos "Gracemont". Os vazamentos mostram que seriam feitos seis clusters com quatro núcleos cada. Cada cluster compartilha um cache L2 de 4 MB, entre os quatro núcleos. Enquanto isso, um cache L3 compartilhado, de tamanho desconhecido, é transferido entre os seis clusters.

Outra informação revelada é que Intel Grand Ridge terá clock de 2,6 GHz. Isso significa que ele vai conseguir superar em 400 MHz o modelo Snow Ridge, que o antecedia. 

- Continua após a publicidade -

A imagem também mostra que a Intel está implantando sua interconexão SCF (scalable coherent fabric, ou malha coerente escalável, em tradução livre). Além dos seis grupos de núcleos, o "Grand Ridge" também apresenta um controlador de memória DDR5 de 2 canais integrados e um complexo raiz PCI-Express gen 4.0, que é distribuído entre 16 canais. 

Ele também possui hardware de função fixa, usado para acelerar o processamento de informações de rede. Também são apresentadas diversas conectividades USB e GPIO. Essas portas são relevantes para as configurações da estação em bases de conexão 5G.

Pelo cronograma oficial da Intel, esse novo CPU Grand Ridge deveria chegar no próximo ano, 2021. Apesar disso, como ele deve ser desenvolvido no processo de 7nm, essa data pode ser alterada. Isso porque a empresa já confirmou que está atrasada, no próprio desenvolvimento interno, em cerca de um ano. Isso significa que esse processador deve estar pronto apenas em 2022. 

Via: VideoCardz, TechPowerUp
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.