Créditos: Divulgação/ AMD

AMD Ryzen 9 4950X (ou 5950X?), novo CPU 16 cores e 32 threads alcançaria 4,8 GHz

Novos vazamentos mostram clock base de 3,5 GHz e boost alcançando 4,8 GHz
Por Ana Luiza Pedroso 06/08/2020 11:37 | atualizado 06/08/2020 11:37 Comentários Reportar erro

As fontes do site Igor's Labs confirmaram a velocidade do clock de um modelo AMD Ryzen 9 4950X Vermeer. Esse processador deve vir com 16 núcleos e 32 threads e, se o rumor se confirmar, vai apresentar frequência de até 4,8 GHz. Esse CPU que a equipe do site teve acesso é uma amostra de engenharia, não muito diferente de uma versão final.

Esse novo vazamento mostrou que a AMD está se preparando para lançar sua próxima geração de processadores para desktop, com clock ainda mais alto. Esses modelos vão fazer parte da série Ryzen 4000, baseada na arquitetura Zen 3, com codinome Vermeer. A informação foi publicada pelo site Igor's Labs, que teve acesso privilegiado a algumas informações dos novos hardwares. 

O relatório publicado mostrou que a frequência base da CPU é de 3,5 GHz, atingindo até 4,8GHz. Essas informações foram extraídas da decodificação do código OPN. Esse código é: "100-000000059-52_ 48/35 _ Y". As informações importantes estão no final, o número 48 indica o boost e 35 a frequência base. 

O Ryzen 9 3950X alcança 4.7GHz em modo modo Boost

- Continua após a publicidade -

Esse será o processador mais potente da AMD para o soquete AM4. Acima desse modelo estarão apenas os modelos da linha Threadripper. Essa é uma atualização dos atuais modelos, que deve trazer uma melhoria significativa na velocidade de Clock. As demais características podem ser bastante similares. 

O vazamento mostra que esse processador pode ser muito interessante para os overclockers. Isso porque é esperado que a AMD abra uma margem significativa para que as velocidades fiquem maiores do que a base. 

O site TweakTown fala que a AMD deve permitir esses recursos de aumento de clock com o seu software Ryzen Master Tool. Isso deixaria ainda mais fácil fazer diferentes overcloks, modificando a frequência para opções ainda maiores. Logicamente o processo também será oferecido via BIOS das mainboards e softwares de terceiros, como das próprias fabricantes de placas-mãe.

Outra informação revelada pelo vazamento é de que a AMD poderia estar modificando a nomenclatura. A empresa poderia estar pensando em pular o esquema de nomeação da série Ryzen 4000 no desktop. Isso seria feito para não interferir - além de ajudar a não confundir os clientes -, com a atual série Ryzen 4000 mobile, Renoir. Isso significa que a empresa  iria direto para a série Ryzen 5000. Então, esse modelo testado pode ser lançado com o nome: Ryzen 9 5950X.

Nada ainda foi confirmado pela AMD, portanto ainda são rumores. Informações oficiais devem começar a ser divulgadas assim que os processadores estiverem prontos para o lançamento.

- Continua após a publicidade -

Via: TechPowerUp, TweakTown
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.