Créditos: Nikkei Asian Review

TSMC pode ser responsável pelos processadores de 7nm da Intel

A empresa de semicondutores está liderando o processo de 7nm atualmente

Um novo relatório divulgado pelo China Times informa que a Intel está buscando parceiras para a produção de seus processadores em 7nm. A então líder do mercado está atrasada na migração de litografia, se mantendo nos 10nm. Apesar disso, a companhia já vem apresentando medidas para acelerar a produção. A principal candidata para ser parceira desse processo é a TSMC.

Uma parte da publicação feito por um jornal de Taiwan foi traduzida pelo @chiakokhua, no Twitter. "Graças a Intel e a AMD, a TSMC obtém grandes pedidos e capacidade de produção de ponta para o primeiro semestre do próximo ano". Esse relatório está mostrando a grande capacidade de produtos e parceiros que a TSMC está trabalhando.

A Intel já se pronunciou falando que está atrasada em mais de um ano na mudança de litografia. Isso indica que os clientes vão obter os 7nm apenas em 2022 ou 2023. Esse tempo poderia ser suficiente para sua principal concorrente, a AMD, migrar para os 5nm.

- Continua após a publicidade -

Ao mesmo tempo, a TSMC poderia entregar um processo refinado para a Intel, uma vez que já está desenvolvendo hardwares aprimorados com a litografia de 7nm. Isso poderia indicar que os modelos entregues de forma atrasada para a empresa poderiam ter um melhor desempenho, comparado as primeiras unidades comercializadas. 

O processo refinado, da classe de 7 nm, poderia ser o N7P ou o N7 +. Esse modelo de fabricação seria inserido nos processadores com os gráficos Xe integrados. Além dessas opções, a TSMC pretende começar a oferecer para suas parceiras a possibilidade de produção em N6. Isso poderia significar que a Intel se beneficiaria do projeto e, estabeleceria novamente uma competição com a AMD.

Receber as demandas da Intel vem em boa hora para a TSMC. Isso porque a empresa está perdendo, aos poucos, uma cliente importante. A Huawei, que está em combate geopolítico com os Estados Unidos atualmente, e está reduzindo as encomendas de seus SoCs HiSilicon, que eram produzidos pela parceira.

Via: TechPowerUp
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.