Créditos: Reprodução/Justin Sullivan/Getty Images

NVIDIA está interessada em comprar a ARM [Rumor]

Designer de chips pertence atualmente ao conglomerado japonês SoftBank

De acordo com rumores recentes, a NVIDIA está interessada em comprar a ARM. Fontes da agência de notícias Bloomberg dizem que a fabricante de GPUs se aproximou da ARM nas últimas semanas para conversar sobre uma possível aquisição. A ARM atualmente é de propriedade do conglomerado japonês SoftBank e na semana passada surgiram informações de que ele estava considerando a venda da designer de chips.

O SoftBank, liderado pelo bilionário Masayoshi Son, está explorando opções para vender parte ou toda a sua participação na ARM por meio de um acordo privado ou oferta pública de ações. O suposto interesse da NVIDIA pode não levar a um acordo de aquisição e o SoftBank ainda pode optar por prosseguir com a oferta pública, disseram as fontes da agência.

Representantes da ARM, do SoftBank e da NVIDIA se recusaram a comentar sobre o assunto.

Um acordo pela ARM pode se tornar a maior aquisição de todos os tempos na indústria de chips. O conglomerado japonês SoftBank comprou a ARM, que na época era a maior empresa de tecnologia listada no Reino Unido, por cerca de US$ 32 bilhões em 2016.

- Continua após a publicidade -

A tecnologia da ARM está presente em uma grande variedade de produtos, desde os dispositivos da Apple até soluções para casas inteligentes. Com o crescente uso de sua arquitetura em mais carros inteligentes, data centers e equipamentos de rede, a empresa está se tornando ainda mais valiosa. A empresa pode valer US$ 44 bilhões se prosseguir com uma oferta pública inicial no próximo ano, uma avaliação que pode subir para US$ 68 bilhões até 2025, de acordo com a New Street Research LLP.

NVIDIA está interessada em comprar a ARM [Rumor]
Reprodução/Shutterstock

A aquisição da ARM deve chamar a atenção de diversas autoridades reguladoras, já que muitas empresas dependem de sua tecnologia. Uma possível aquisição pela NVIDIA pode significar uma grande mudança no mercado e aumentará as chances de crescimento da fabricante de GPUs em outros setores.

A ARM vende projetos de semicondutores e também licencia os fundamentos de como os chips se comunicam com o software, conhecido como conjunto de instruções. Esse projeto sustenta grande parte da eletrônica moderna e é o valor central da empresa. Mesmo algumas empresas que projetam seus próprios chips, como a Apple, o fazem usando o conjunto de instruções da ARM.

Fonte: Guru3D, Bloomberg, Tom's Hardware, TechPowerUp
Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Rosolen

    Fabio Rosolen

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.