Créditos: Overclockers.ru

Vazamento mostra detalhes de como Alder Lake-S pode se segmentar com Hybrid Technology

De maneira análoga à big.LITTLE, nova geração deve contar com núcleos de arquiteturas diferentes

Os processadores Alder Lake-S de 12ª geração da Intel podem marcar a estreia da Hybrid Technology para o segmento de computadores domésticos. É isso que se espera com rumores e vazamentos até o momento, que estão sendo engrossados pelo vazamento de um slide que, supostamente, mostra de maneira detalhada como vai ser a segmentação desses modelos.

A Hybrid Technology teve sua estreia com os processadores Lakefield no segmento mobile e funciona de maneira parecida com a tecnologia big.LITTLE, juntando núcleos de diferentes versões para compor um produto final com uma parte dedicada a operações mais leves, com alta eficiência energética, e outra parte que só é ativada para cargas de trabalho mais pesadas.

De acordo com o que foi inferido a partir do vazamento dos slides, os processadores Alder Lake-S vão contar, num primeiro momento, com 16 núcleos. 8 deles seriam núcleos Golden Cove de alta performance, com os 8 restantes sendo Gracemont, de baixo consumo de energia. Completando o pacote, temos gráficos integrados Gen12 iGPU que foram implementados em três níveis: GT0 (iGPU desabilitada); GT1 (algumas unidades desabilitadas) e GT2 (todas as unidades habilitadas).

- Continua após a publicidade -

O TDP de 125W aparece para o modelo em sua versão mais avançada, mas devemos ter uma opção com 80W, mantendo a configuração de 8 + 8 núcleos, que provavelmente vai limitar algumas das partes para atingir o TDP mais baixo.

Segundo o TechPowerUp, a Intel estaria trabalhando numa maneira de oferecer uma solução inovadora para as diferenças de recursos entre os núcleos mais avançados e os mais básicos no modelo. Os Golden Cove são compatíveis com algumas instruções AVX-512, além de TSX-Ni (operações tensor e multiplicação matrix) e FP16 (half precision floating point).

Os novos processadores Alder Lake-S devem ser compatíveis com o socket LGA1700, plataforma que deve trazer a estreia do PCIe 5.0 para os modelos de placa compatíveis com Intel. Há também uma possibilidade de suporte para memória DDR5 sem buffer, tecnologias que devem resultar numa diferença final visível de performance.

Fonte: TechPowerUp
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.