Créditos: Activision

Call of Duty Modern Warfare e Warzone ganham patch para nerfar uma arma específica

Se você é um fã da Rytec AMR, temos uma péssima notícia para contar

A Activision e a Infinity Ward lançaram um novo patch para o jogo Call of Duty Modern Warfare com o principal propósito de nerfar uma arma específica: a Rytec AMR. Para quem não é familiarizado com o termo, nerf significa fazer algo ser mais fraco ou menos perigoso. No contexto dos videogames, é usado para quando um item ou personagem tem suas capacidades reduzidas porque estava forte demais.

A Rytec ARM é um rifle sniper semi-automático que foi adicionado recentemente ao game, e que tem a capacidade de atirar projéteis explosivos, além de balas normais e de termite. Com essa nova atualização, os desenvolvedores corrigiram um erro onde a quantidade de experiência incorreta era fornecida por usar projéteis explosivos.

A vantagem "Fully Loaded" foi ajustada para quando o rifle está equipado com munições alternativas e agora funciona na maneira que era desejada originalmente. Também foi removida a habilidade da arma de matar com apenas um tiro quando se usa projéteis explosivos no modo Battle Royale.

A atualização – que foi chamada apenas de "update do dia 9 de julho" – ainda traz algumas pequenas correções para bugs. Para começar, ela arruma o problema do texto incorreto aparecer nas camuflagens das SUVs. Também foi corrigido um bug onde CUAV's poderiam ser encontrados dentro do modo Warzone.

Para completar, o pessoal da Infinity Ward ainda arrumou um problema onde alguns jogadores não podiam usar melhorias de campo no modo FFA (Free For All). Também foi arrumado um problema onde os jogadores poderiam acabar ficando AFK quando jogavam o modo All or Nothing.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Gamespot
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.