Créditos: 505 Games

Death Stranding chegará ao PC com DLSS 2.0, trazendo 4K e 60fps até na RTX 2060

Segundo testes do Tom's Hardware, tecnologia garante ganhos de desempenho no modelo de entrada da linha RTX

Death Stranding será lançado para computadores no dia 14 de julho, mas o pessoal do Tom's Hardware recebeu uma prévia do projeto da Kojima Productions e revelou informações importantes sobre o desempenho do game nas placas de vídeo mais recentes da Nvidia. Segundo o site, o jogo contará com suporte para a tecnologia DLSS 2.0, o que garantirá 4K e 60 frames por segundo até mesmo na RTX 2060, modelo de entrada da série RTX.

Lançada em abril deste ano, a nova versão do DLSS (Deep Learning Super Sampling) utiliza inteligência artificial e filtros especiais para melhorar a imagem dos games sem gerar tantas perdas de desempenho. De acordo com o Tom's Hardware, a tecnologia não faz tanta diferença em Death Stranding ao ser utilizada com a RTX 2080 Ti, mas entrega resultados promissores ao ser utilizada com a RTX 2060.

Segundo os testes do site, a placa de vídeo consegue segurar o jogo a 103 frames por segundo em 1080p, mas a contagem de quadros vai para 128fps com o DLSS 2.0 habilitado no modo qualidade, garantindo um ganho de 25% na performance. A melhora é ainda melhor na resolução 1440p, em que o framerate vai de 75fps para 100fps, cerca de 33% de ganho.

Por fim, o site também aponta que o jogo roda na RTX 2060 em resolução 4K com 43 frames por segundo. Ao utilizar o DLSS 2.0, Death Stranding consegue alcançar até 77 frames por segundo com a placa de víeo.

- Continua após a publicidade -

O Tom's Hardware ressalta que a tecnologia da Nvidia utiliza ferramentas de upscaling e filtros para melhorar a qualidade sem prejudicar o desempenho, o que podem trazer algumas interferências na imagem. Porém, o site afirma que a experiência durante a prévia do game entregou bons resultados e mais testes devem ser realizados após o lançamento, quando as fabricantes lançarem drivers de GPU otimizados para Death Stranding. 

Suporte para FidelityFX CAS

Além de trazer suporte para DLSS 2.0, que é uma tecnologia exclusiva das GPUs RTX, Death Stranding também conta com suporte para FidelityFX CAS, filtro desenvolvido pela AMD e que pode ser utilizado em mais placas de vídeo. Segundo o Tom's Hardware, a ferramenta não é utilizada apenas para melhorar a imagem, mas também para fazer upscaling e entregar resultados parecidos com o DLSS 2.0. 

O site aponta, porém, que a tecnologia da AMD traz efeitos mais perceptíveis quando está ativada, principalmente quando o personagem está se movimentando. Ainda assim, pode ser que o resultado final seja melhor, já que o game ainda não foi lançado e não possui drivers otimizados.

O Tom's Hardware não recebeu autorização para compartilhar imagens do game em seu estado atual, mas a Kojima Productions já confirmou que o jogo chegará com suporte para Ultrawide, framerates mais altos e modo fotografia. A edição de PC de Death Stranding também conta com conteúdos especiais de Half-Life.

Além de estar disponível atualmente no PlayStation 4, Death Stranding chega no dia 14 no PC por meio do Steam e da Epic Games Store. Confira aqui os requisitos mínimos e recomendados para rodar o game.

Via: Tom's Hardware
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.