Renderização geométrica na demo da UE5 exigiu da GPU tanto quanto Fortnite

Epic games apresentou em vídeo sua nova tecnologia de geometria gráfica chamada Nanite

De acordo com o vice-presidente de engenharia da Epic Games, Nick Penwarden, a demonstração de renderização geométrica da Unreal Engine 5 não exigiu significativamente mais poder de GPU do que Fortnite. No mês passado, a Epic Games publicou uma demo sobre o que esperar da próxima geração de jogos criados no motor gráfico. O vídeo com título “Lumen in the Land of Nanite” mostrou a renderização em tempo real no hardware do PlayStation 5.

Confira abaixo o vídeo da Unreal Engine 5 rodando em um PS5:

O vídeo de demonstração mostra gráficos, luzes e interações muito realistas em alguns momentos. Ao que parece, a plataforma exige muito poder de hardware para executar um game, mas, segundo o funcionário da Epic, a demo não exigiu tanto do poder do PS5 quanto todos esperavam. 

"Posso dizer que o tempo de GPU gasto na renderização de geometria em nossa demonstração da UE5 é semelhante ao de renderização de geometria para Fortnite rodando a 60 FPS em consoles."
- Nick Penwarden, vice-presidente de engenharia da Epic

"Posso dizer que o tempo de GPU gasto na renderização de geometria em nossa demonstração da UE5 é semelhante ao de renderização de geometria para Fortnite rodando a 60 FPS em consoles."
- Nick Penwarden, vice-presidente de engenharia da Epic

- Continua após a publicidade -

Lembrando que a declaração de Nick Penwarden faz referência à exigência da UE5 quando está executando sua renderização geométrica. Obviamente, a renderização geométrica não é a única coisa que a GPU faz ao rodar um jogo, então sabemos que todos os recursos da Unreal Engine 5 são, é claro, mais exigentes que o jogo Fortnite.

A Epic revelou que a demo rodou no PS5 com resolução dinâmica, na maior parte do tempo rodando em 2560x1440 (Quad HD) e o hardware dedicado de Ray Tracing da plataforma estava desativado. Tudo foi rodado pelos processadores de shader, o que significa que hardwares sem suporte a Ray Tracing podem apresentar resultados parecidos no novo Unreal Engine 5.

A Epic Games demonstrou no vídeo sua nova tecnologia de geometria gráfica da Unreal Engine 5 chamada Nanite, que cria uma imensa quantidade de triângulos para compor o ambiente. A demo destaca muito também como são possíveis animações mais imersivas e realistas com novas tecnologias que permitem que os objetos das cenas "conversem" entre si, inclusive partículas. A engine tem um recurso para automatizar animações contextuais para o personagem interagir com o ambiente (quando a moça do vídeo coloca a mão na parede quando se aproxima dela, por exemplo).

Via: WccfTech
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.