Créditos: Divulgação/ GALAX

GALAX lança GeForce GTX 1650 "Ultra", baseada em TU106

O modelo faz reduções de 61% nos núcleos CUDA

A GALAX acaba de lançar uma nova opção de placa de vídeo GeForce GTX, adicionando uma quarta variante. O modelo GTX 1650 Ultra (GDDR6), é baseada no silício "TU106" (código ASIC: TU106-125-A1). A empresa anunciou uma variante bastante diferente dos atuais modelos do mercado. A principal modificação está nos seus núcleos RT desativados. No total, cerca de 61% dos cores foram desabilitados. Além disso, também foram feitas reduções no tamanho da memória, de 256 bits para 128 bits.

Site do produto

Esse modelo apresentado pela GALAX é, basicamente, a mesma GPU que seria usada para o RTX 2070 original, mas com reduções para as especificações de um GTX 1650 Super. Em geral, a variante TU106-125 do processador possui uma redução de 61,1% dos seus núcleos em comparação com o modelo TU106-400 padrão.

Esse modelo é de entrada, apresentando 4GB de memória. Assim como os demais modelos, ela também utiliza a microarquitetura Turing. Esse modelo não é compatível com recursos como o DLSS e, também não é acelerada para Ray Tracing.

- Continua após a publicidade -

Segundo o site VideoCardz, a GTX 1650 Ultra da GALAX é uma quarta variante da série GTX 1650. Ele possui a mesma contagem principal que os outros dois modelos 1650, já apresentados por outras parceiras da NVIDIA.

Outra redução foi no tamanho da memória apresentada. Os modelos padrões possuem 256 bits, mas a nova versão apresentada pela empresa parceira reduz pela metade essa capacidade. Isso significa que o modelo Ultra possui 128 bits. 

Apesar de haver muitas reduções, há especificações que se repetem. Uma delas é a velocidade de clock. A diferença principal entre os modelos está no TDP, que agora é de 90W. Isso significa 15W a mais que o modelo TU117, mas também 10W a menos que a variante SUPER baseada em TU116.

Até o momento, esse modelo está disponível apenas para o mercado asiático. Não há informações sobre a data que esse modelo será disponibilizado para o mercado ocidental e nem qual o valor que a empresa irá cobrar por ele. É esperado que essa opção seja disponibilizada em breve para os demais países. 

- Continua após a publicidade -

Apesar de usar um chip que, quando completamente ativado, é bem mais robusto, a expectativa é que a variante com o chip TU106 entregue um nível semelhante de performance que as demais versões, mesmo as geradas a partir do bem mais modesto TU117. Caso contrário, a Nvidia não permitiria o uso do mesmo SKU, ou seja, nome final do produto para o consumidor.

Nós já temos análise dos modelos GTX 1650. Para ver como é o desempenho, você pode assistir o vídeo abaixo:

Via: VideoCardz, TechPowerUp
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.