Créditos: Reprodução/Windows Team

Microsoft vai gastar US$ 450 milhões para fechar todas suas lojas físicas

Lojas de varejo deverão ser fechadas no mundo todo e as principais vão virar Centros de Experiência da Microsoft

A Microsoft anunciou hoje o fechamento de todas suas lojas físicas Microsoft Store. A empresa explicou que está adotando uma mudança estratégica em suas operações de varejo e não irá mais trabalhar com o comércio da mesma maneira de antes. Agora, o investimento da companhia será nas lojas digitais microsoft.com e nas lojas Xbox e Windows, que contam com mais de 1,2 bilhão de pessoas mensalmente em 190 mercados.

Empresa deverá pagar quase meio bilhão de dólares de imposto para fechar lojas

Para fechar todas as lojas, a companhia revelou que pagará uma cobrança de impostos de aproximadamente US$ 450 milhões, ou US$ 0,05 por ação. Apesar da extinção global das loajs, algumas cidades ainda vão contar com espaços de atendimento ao cliente: os Centros de Experiência Microsoft em Londres, Nova York, Sydney e Redmond.  

A empresa também revelou que seus funcionários não serão demitidos. Os membros da equipe de varejo das lojas continuarão atendendo os clientes das instalações corporativas da Microsoft e fornecendo vendas, treinamento e suporte de maneira remota.

"Nossas vendas cresceram on-line à medida que nosso portfólio de produtos evoluiu para ofertas amplamente digitais e nossa talentosa equipe obteve sucesso em atender clientes além de qualquer local físico. Agradecemos aos clientes da Microsoft Store e esperamos continuar a atendê-los on-line e com nossa equipe de vendas de varejo nas instalações corporativas da Microsoft."
David Porter, vice-presidente corporativo da Microsoft

- Continua após a publicidade -

Em seu blog, a empresa explicou que aprendeu muito e conquistou ainda mais mercado devido ao coronavírus e orientações de distanciamento social. Com um crescimento significativo em suas lojas digitais, incluindo Microsoft.com e lojas no Xbox e Windows, a empresa anunciou que vai continuar investindo em inovação digital de software e hardware. Os novos serviços incluem suporte a bate-papo por vídeo 1:1, vídeos tutoriais on-line e workshops virtuais com mais soluções digitais.

"Desde que os locais da Microsoft Store foram fechados no final de março devido à pandemia do COVID-19, a equipe de varejo ajudou as pequenas empresas e os clientes da educação a se transformarem digitalmente; praticamente treinou centenas de milhares de clientes corporativos e educacionais em trabalho remoto e software de aprendizado; e ajudou os clientes com chamadas de suporte. A equipe apoiou as comunidades hospedando mais de 14.000 oficinas on-line e acampamentos de verão e mais de 3.000 graduações virtuais", justificou a Microsoft.

Via: Tweak Town Fonte: Microsoft
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.