Créditos: Divulgação/ AMD

Mainboard B550M aparece rodando CPUs não suportados como modelos Ryzen 2000

Um usuário entusiasta conseguiu rodar versões antigas do Ryzen em uma placa-mãe B550 da ASUS

As placas-mãe B550 teoricamente não deveriam suportar os processadores mais antigos da AMD. Apesar disso, um entusiasta do PC, com o nome "@momomo_us" no Twitter, publicou capturas de tela de sua nova placa-mãe ASUS TUF Gaming B550M-Plus rodando o processador Ryzen 5 2600X e a APU Ryzen 5 3400G baseada em Zen +. Já há relatos de modelos de outros fabricantes também suportando CPUs não listados oficialmente como modelos suportados por placas-mãe com esse chipset.

O chipset AMD B550 não foi lançado com suporte às tecnologias antigas da empresa. Utilizar processadores AMD Ryzen de primeira e segunda geração não deveria ser possível, assim como as APUs Ryzen 5 3400G e 3200G, que são baseadas na microarquitetura "Zen +". Apesar disso, um entusiasta mostrou que há maneiras de burlar esse sistema.

Apenas as telas foram mostradas pelo @momomo_us. O usuário não divulgou fotos do seu sistema. Ele também não publicou instruções de como desenvolver esse processo. Os tweets só mencionam quais os componentes foram utilizados.

- Continua após a publicidade -

A placa-mãe usada foi uma ASUS TUF Gaming B550M-Plus. O que mais chama a atenção é que o usuário diz ter rodado uma APU Ryzen 5 3400G Zen +, codinome "Picasso", além do processador Ryzen 5 2600X, codinome "Pinnacle Ridge". As especificações completas podem ser vistas na imagem acima, com Validações de CPU-Z.

A placa utiliza a BIOS versão 0608, listada em 15 de junho de 2020. Não há nada no log de alterações oficiais, que indiquem suporte ao Zen +, nem em sua lista de CPUs. As capturas de tela do CPU-Z não revelam a versão AGESA na string de versão do BIOS.

Todo esse processo não é recomendado e poderia ter danificado os hardwares usados. Para fazer essa combinação foi necessário ter conhecimento a respeito dos dispositivos, além de bancar um risco de eventualmente inutilizar as peças. Portanto, não é recomendado fazer a reprodução da tentativa. A AMD fala, explicitamente, que os modelos B550 não tem suporte para as versões antigas, teoricamente, por limitação da BIOS na quantidade de modelos suportados.

Via: TechPowerUp
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.