Governo chinês fecha o cerco contra software pirata

A China carrega consigo o estigma da pirataria. Embora algumas empresas produzam seus equipamentos legítimos, é inegÁvel que clones e softwares piratas existem em grande quantidade no país e muitos são exportados para o mundo inteiro.

Como parte de uma iniciativa para reduzir a pirataria, a China anunciou que irÁ inspecionar os computadores do governo para certificar-se de que todos os departamentos estão usando software original. A expectativa é de finalizar a inspeção até outubro de 2011.



De acordo com o Computerworld, coincidentemente a Microsoft revelou que entrou com uma ação na justiça contra dez empresas chinesas que vendem computadores com softwares piratas pré-instalados. "MÁquinas com programas não autorizados sempre foram um problema central para a indústria de software, que precisa ser resolvido", afirmou o gerente de propriedade intelectual da Microsoft na China, Yu Weidong.

A China é um dos países com maior taxa de pirataria. Em 2009, 79% do software usado nos computadores do país era pirata, de acordo com um estudo da Business Software Alliance e da IDC. Desde o início dos anos 2000, o país tem realizado esforços para assegurar o uso de soluções legítimas e, em 2006, as autoridades emitiram um aviso requerendo que todos os departamentos do governo comprassem equipamentos com software legal. Entre 2007 e 2009, o governo investiu o equivalente a US$119 milhões na compra de programas originais.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.