Créditos: IXBT

Intel Alder Lake-S chega em 2021 com 16 cores, DDR5, PCIe 4.0, soquete LGA 1700 e em 10nm

Novo vazamento confirma socket e outros recursos esperados no processador

Um documento de dados técnicos postado na página de recursos de desenvolvimento da Intel acabou revelando - de maneira mais ou menos oficial - algumas características importantes já esperadas para a sua "próxima próxima" geração de CPUs desktop, a Alder Lake-S. A estreia de um novo socket, o LGA 1700, está entre essas informações.

Segundo relata o WCCFTech, podemos esperar também no Alder Lake-S 16 núcleos, com 32 threads via HyperThreading, compatibilidade com DDR5 e com PCIe 4.0, obviamente. A parte mais interessante que se especula para os Alder Lake-S é que os componentes serão baseados em núcleos Golden Cove de nova geração, representando um salto mais relevante de tecnologias em relação ao que a Intel tem lançado nos últimos anos. Além disso, a Intel deve incorporar seu estilo BIG little para os componentes, integrando núcleos Gracemont além do Golden Cove, incorporando também gráficos Xe, que devem aparecer antes nos Rocket Lake.

Os documentos que vemos listados acima foram encontrados pela primeira vez pela conta @Momomo_US, no Twitter, que leva os créditos.

- Continua após a publicidade -

As CPUs Alder Lake-S serão fabricadas no processo de 10nm++, ou ao menos é isso que se espera. O novo socket LGA 1700 é integralmente diferente do que temos atualmente em placas-mãe parceiras da Intel, então retrocompatibilidade não será uma opção. A começar pelo seu próprio formato, de 45 x 37,5 mm, que o torna mais retangular do que seus antecessores. O plano da Intel com o novo socket seria oferecer a primeira plataforma com suporte a DDR5 a chegar nas lojas, mas isso não depende apenas da fabricante. 

A geração Alder Lake-S de processadores Intel é esperada para o final do ano de 2021 ou, talvez, o início de 2022. O pedaço da tabela abaixo foi organizado pelo WCCFTech e compara as gerações mais recentes de processadores da fabricante:

Fonte: WCCFTech
  • Redator: Adrenaline

    Adrenaline

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.