Créditos: Divulgação/ EA Games

Star Wars: Squadrons não terá microtransações

O diretor criativo do título afirmou que o game não vai apresentar nenhuma venda extra

Star Wars: Squadrons foi apresentado pela primeira vez durante o evento EA Play Live 2020. O game traz personalização de personagens e outros elementos da narrativa. O diretor criativo do título, Ian Frazier, afirmou em entrevista que isso não significa que o jogo vai ter microtransações internas. Ele diz que não vai haver a opção de venda de nenhum item no lançamento.

Alguns sites internacionais especializados em games estavam se questionando o quanto a EA pretendia lucrar com esse novo título de Star Wars. Isso levou o portal Game Informer, questionar isso para Frazier. Sua resposta pode ser conferida abaixo:

"Nossa mentalidade tem sido muito antiga. Estamos tentando dizer com este jogo que temos um preço de US $ 40, queremos nos sentir generosos com os jogadores e queremos que pareça uma experiência completa. Como: 'Você nos deu seus US $ 40. Aqui está um jogo que você vai adorar. Obrigado.' É isso aí. Isso não é algo que estamos construindo em torno de uma estratégia de serviço ao vivo. Ele é construído em torno de um jogo completo e excelente por si só. Isso não quer dizer que nunca adicionaremos nada, acho que poderíamos, mas não é apresentado como um serviço ao vivo."
-  Ian Frazier, diretor criativo de Star Wars: Squadrons

"Nossa mentalidade tem sido muito antiga. Estamos tentando dizer com este jogo que temos um preço de US $ 40, queremos nos sentir generosos com os jogadores e queremos que pareça uma experiência completa. Como: 'Você nos deu seus US $ 40. Aqui está um jogo que você vai adorar. Obrigado.' É isso aí. Isso não é algo que estamos construindo em torno de uma estratégia de serviço ao vivo. Ele é construído em torno de um jogo completo e excelente por si só. Isso não quer dizer que nunca adicionaremos nada, acho que poderíamos, mas não é apresentado como um serviço ao vivo."
-  Ian Frazier, diretor criativo de Star Wars: Squadrons

Parece um sistema justo, uma vez que vários jogos obrigam seus jogadores a investir muito nos títulos, para ter uma experiência completa com o game. As microtransações deixam os jogos muito mais caros do que o valor cobrado para adquiri-lo. 

Reforçando a informação do diretor executivo, o escritor Mitch Dyer republicou a entrevista em seu Twitter. Ele escreveu "ZERO MICROTRANSAÇÕES. Nenhuma". 

- Continua após a publicidade -

Como Frazier falou, pode ser que em futuras atualizações sejam adicionados itens que devem ser comprados em microtransações. Mas, no lançamento, isso não é uma possibilidade. Apesar disso, o diretor criativo afirmou na entrevista que isso não está descartando completamente.

Essa é uma abordagem interessante para a EA, que investe pesado em microtransações em suas publicações. Ainda não se sabe se isso vai virar tendência, ou se será uma característica apenas desse título. O game é desenvolvido pela Motive Studios e publicado pela EA. 

Star Wars: Squadrons será lançado por US$ 40. Considerando apenas a atual cotação das moedas, isso é equivalente a cerca de R$ 213. A data de lançamento está marcada para o dia 2 de outubro de 2020.

Via: WCCFTech
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.