Créditos: Divulgação // Elgato

Elgato lança primeiros microfones USB voltados para streamers

Empresa já estabelecida no mercado de dispositivos para streaming traz microfones condensadores para captação de som de qualidade e função que previne som estourado

Algo que definitivamente aumentou muito nesses tempos de isolamento social foi a demanda e produção de conteúdos online, sejam aulas síncronas via conferência, podcasts ou streams das partidas de nossos jogos favoritos, e o principal diferencial para a qualidade desses conteúdos é a qualidade da captação de voz. Um bom microfone é essencial para que essas gravações ou transmissões não pareçam feitas de dentro de uma lata de tinta e mirando nesse público a Elgato está lançando dois novos produtos no mercado, os microfones USB Wave 1 e Wave 3. O lançamento não chega exatamente como uma surpresa já que a empresa é atualmente uma das principais desenvolvedoras de produtos para streamers com suas placas de captura internas e externas de excelente qualidade, então nada mais natural que investir em outras linhas de produtos voltadas para o mesmo nicho de mercado.

Tanto o Wave 1 quanto o Wave 3 são microfones condensadores (ou capacitivos), preferíveis para captação de áudio em estúdios por terem maior sensibilidade a frequências mais baixas por seu sistema mais “analógico” de captação de sons através da vibração das placas capacitivas. O projeto dos dois modelos tem uma aparência bem robusta, moderna e discreta, sem RGB para aumentar os FPSs do seu podcast favorito, mas extremamente competentes em fornecer diversas funcionalidades essenciais para garantir uma boa transmissão online ou gravação da sua aula EAD da faculdade.

- Continua após a publicidade -

O Wave 1 é um pouco mais simples, trazendo em seu headphone uma roda de volume que ativa o mudo do microfone ao ser pressionada e tem um sample rate de 48 kHz, mesmo valor da maioria dos microfones condensadores de outras marcas. O Wave 3 por sua vez, já traz um sensor capacitivo no topo que corta ou libera seu sinal ao ser tocado, além de possuir uma roda multifuncional que, além do volume, oferece controle de ganho de entrada e crossfade entre fontes. O Wave 3 possuiu sample rate máxima de 96 kHz, que combinada as suas funcionalidades extra o torna uma escolha mais voltada para produções profissionais como gravação em estúdios ou dublagens, por exemplo. Ambos os modelos se conectam aos sistemas via USB e trazem plugs de 3,5 mm para fones de ouvido garantindo controle de retorno com a menor latência possível.

Um dos principais diferenciais dos microfones da Elgato frente a outras marcas é a tecnologia anti-distorção proprietária da Elgato, Clipguard, que garante que o sinal de áudio seja roteado para outra faixa com controle de ganho caso o usuário fale muito alto ao microfone, evitando aqueles áudios estourados ou cortados, facilitando muito a vida do técnico de som (ou a sua caso você faça tudo por conta própria) ao evitar que seja preciso ajustar constantemente o controle de faders na mesa de som quando o caster se empolgar muito naquela transmissão emocionante do seu esport favorito.

- Continua após a publicidade -

Os dois modelos podem ser adquiridos diretamente pela página da Elgato ou lojas do varejo pelos preços de US$ 130,00 (R$ 691,25 no dia dessa publicação) para o Wave 1 e US$ 160,00 (R$ 850,77 no dia dessa publicação) para o Wave 3, colocando os dois modelos na mesma faixa de preço de microfones da Yeti.

Considerando que no Brasil bons microfones condensadores estão saindo por valores próximos aos R$ 1000,00 e no exterior boa parte deles partem dos US$ 150,00, quem tiver a opção de importar pode ter mais essa opção com preço relativamente competitivo dentro desse mercado

Via: Endgadget
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.