Créditos: Google

Mais celulares começam a ganhar suporte experimental para o Google Stadia

Empresa também está testando suporte a controles na tela dos dispositivos

A Google anunciou que está começando a trazer o suporte ao serviço de jogos em nuvem Stadia para mais celulares com sistema operacional Android. Segundo a empresa, agora todos os dispositivos capazes de rodar o aplicativo vão receber um suporte experimental para o serviço.

Até então, o sistema de cloud gaming da empresa só era compatível com uma lista bastante reduzida de celulares, em especial aqueles da linha Pixel. Todos os smartphones compatíveis com o serviço também poderão utilizar o sistema de controles na tela.

Google Play Store: Google Stadia

De acordo com a Google, o esse recurso ainda é experimental e continuará a ser refinado com o passar do tempo. Ainda assim, todos os botões do controle do Stadia já são suportados e aparecem na tela, caso você escolha esse estilo de controle.

- Continua após a publicidade -


Fonte: Google

Esse é um dos maiores updates para o Stadia desde o seu lançamento seis meses atrás, em novembro de 2019. Com ele, usuários de vários celulares topo de linha da Samsung, da OnePlus, da Asus e da Razer vão poder usar o sistema de jogos em nuvem em seus dispositivos móveis.

A empresa ainda aproveitou o anúncio para revelar a chegada de cinco novos jogos para o Stadia. São eles: Superhot, Get Packed, Little Nightmare, Power Rangers: Battle for the Grid e Panzer Dragoon: Remake.

Confira abaixo a lista de smartphones oficialmente compatíveis com o Stadia:
- Pixel 2, 2XL, 3, 3XL, 3a, 3a XL, 4, 4XL
- Samsung S8, S8+, S8 Active, Note 8
- Samsung S9, S9+, Note 9
- Samsung S10, S10+, Note 10, Note 10+
- Samsung S20, S20+, S20 Ultra
- OnePlus 5, 6, 7, 7 Pro, 7 Pro 5G, 8, 8 Pro
- OnePlus 5T, 6T, 7T, 7T Pro, 7T Pro 5G
- Asus ROG Phone, ROG Phone II
- Razer Phone, Razer Phone II

Via: On MSFT, Mundo Conectado Fonte: Google
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.