Créditos: WB Games

Warner Bros Interactive pode ser vendida para Activision, Take-Two ou EA [RUMOR]

Novo relatório indica a possibilidade de venda da divisão de games da Warner

Um novo relatório, divulgado pela CNBC, indica que a AT&T, está estudando a venda da divisão Warner Bros Interactive, a qual é dona. Isso indica que alguns dos títulos mais importantes da indústria, além de várias propriedades intelectuais, podem ser transferidos para outra desenvolvedora. O relatório afirma que as principais interessadas na compra são grandes nomes da indústria, como por exemplo a Activision, Take-Two e Electronic Arts, entre outros.

O relatório ainda indica que essa transação vai poder ser efetuada por US$ 4 bilhões. O valor vai poder variar de acordo com a empresa que efetuar a compra da divisão inteira. Isso inclui os estúdios: Monolith, WB Games Boston, Avalanche Software, WB Games Montreal, WB Games San Francisco, Rocksteady Studios, entre outros, entrarão na transação

Apesar da Warner Bros Interactive ser uma divisão complexa, com diversos ganhos, ela não teve um grande sucesso nos últimos anos. Apesar disso, detém a propriedade intelectual de títulos icônicos para o mundo dos games. Mesmo com diversos estúdios praticamente parados, alguns continuaram a enviar games frequentes para o mercado. Alguns dos exemplos são o Netherrealm Studios e os jogos da TT Games, que mantiveram o ritmo de lançamento constante.

Fazer a venda dessa divisão pode indicar que alguns conteúdos que estavam sendo mantidos desatualizados, voltem a ter mais atenção. Principalmente alguns estúdios menos lucrativos. Um exemplo é a Rocksteady, que quase não teve novidades depois da conclusão da trilogia do Cavaleiro das Trevas, com Batman: Arkham Knight.

Apesar dos relatórios indicarem a real possibilidade da venda da divisão, nenhuma confirmação foi feita por parte de nenhuma produtora. A CNBC apenas menciona que a informação foi dada por fontes próximas. A Warner Bros Interactive foi comprada em 2018 pela AT&T, que detém os direitos de todos os estúdios atualmente, funcionando como empresa mãe. Até o momento, não há nenhuma menção oficial da possibilidade de vendas.

- Continua após a publicidade -

Nenhuma confirmação foi feita por nenhuma das empresas envolvidas

O investimento seria alto, cerca de US$ 4 bilhões. Apesar disso, caso alguma das desenvolvedoras mencionadas como interessadas, tivessem real interesse, o valor poderia até ser maior. As possibilidades de integrar a divisão pode ser muito produtiva para a indústria dos games.

Via: IGN Fonte: CNBC
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.