Créditos: EA.com

Command & Conquer Remastered Collection está disponível na Steam e Origin

Versão remasterizada dos dois primeiros jogos da franquia e respectivas expansões chegou ao PC nas duas plataformas além de fazer parte do Origin Access Premier
Por Daniel Trefilio Carvalho 08/06/2020 13:52 | atualizado 08/06/2020 13:52 Comentários Reportar erro

Em celebração aos 25 anos da franquia de jogos de estratégia Command & Conquer, a EA anunciou no dia 07 de junho que a Remastered Collection já está disponível globalmente para PC via Steam, Origin e como parte do pacote Origin Access Premier. Desenvolvida em uma parceria entre a EA e alguns dos membros originais da Westood Studios, agora na Petroglyph Games, a Remastered Collection traz os tão amados títulos Command & Conquer: Tiberian Dawn, Command & Conquer: Red Alert e suas expansões, Covert Ops, Counterstrike e The Aftermath. A coleção, além de trazer os títulos tão aclamados pelos fãs da franquia em resolução nativa 4k, permite também que os jogadores mais saudosistas alternem em tempo real para os gráficos pixelados originais. As versões atualizadas contam também com um sistema multijogador totalmente refeito, interface aprimorada e trilha sonora original remasterizada por Frank Klepacki, compositor original das trilhas, além de suporte a mods, entre outras funcionalidades.

O jogo foi feito desde o princípio tendo a comunidade como foco, com o envolvimento de um Conselho Comunitário ativo e engajado desde os primeiros momentos da pré-produção, com acesso em tempo integral as equipes de desenvolvimento tanto da EA quanto da Petroglyph Games, dando feedbacks constantes ao longo de todo o processo. Graças a este feedback constante da comunidade, foi possível promover diversas inovações e alterações, como a renovação da UI, controles atualizados, editor de mapas, e um sistema multijogador modernizado para uma experiência online mais condizente com a atualidade, com direito a jogos personalizados, partidas rápidas 1x1, busca de partidas baseada na experiência/rank dos jogadores, leaderboards, e outras inovações que prometem garantir a quem tiver a coleção uma boa experiência online, algo que deixava bastante a desejar em outros títulos da franquia.

A prioridade [da equipe] durante o desenvolvimento era de garantir que a essência do Command & Conquer fosse sentida desde o momento em que se abrisse o jogo,” segundo Jim Vessella, Produtor Chefe na EA. “Nós estivemos trabalhando lado a lado com veteranos da Westwood que estão na Petroglyph para garantir que o icônico gameplay [da franquia] continue autêntico ao mesmo tempo em que adicionamos funcionalidades essenciais para tornar a experiência mais moderna. Nós não poderíamos estar mais gratos pelo apoio da comunidade C&C ao longo dessa jornada, e em especial pelos feedbacks do Conselho Comunitário que foi parte integral para trazer a vida esta carta de amor.”

- Continua após a publicidade -

Command & Conquer Remastered Collection traz gráficos e texturas totalmente refeitos pela Lemon Sky Studios, com suporte nativa a resoluções 4k. A trilha sonora original de Frank Klepacki foi remasterizada pelo próprio compositor, resultando em sete horas de trilhas com mais de 20 músicas regravadas, incluindo The Tiberian Sons. Além disso, C&C é a primeira franquia grande de RTS a abrir o código do jogo sob as diretrizes da GPL (do inglês, Licença Pública Geral). Ainda semana passada os códigos fontes TiberianDawn.dll e RedAlert.dll foram liberados sob a licença GPL 3.0, garantindo um amplo acesso e liberdade às comunidades de mods, muito provavelmente garantindo uma longevidade ainda maior para o projeto.

C&C:RC está com classificação etária Teen, pelo ESRB e está disponível por US$ 19,00 nas versões estadunidenses da Steam e Origin, e por aqui sai por R$ 59,00, um valor bem justo se considerado não apenas a excelência desses títulos dentro do gênero de RTS, mas o escopo do projeto como um todo.

Welcome back, Commander.

- Continua após a publicidade -

 

Via: TechPowerUp
Assuntos
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.