Créditos: HyperX Brasil

Combo!: HyperX lança novos headsets, mouse e periféricos gamers no Brasil

Produtos estão mais baratos que o preço sugerido em alguns sites do varejo
Por Saori Almeida 02/06/2020 18:29 | atualizado 02/06/2020 18:29 Comentários Reportar erro

A HyperX, divisão gamer da Kingston Technology, está lançando no Brasil um combo de novos produtos hoje, incluindo mouse e headsets, além de acessórios para Nintendo Switch. Também foi feito o lançamento oficial do mousepad  HyperX FURY Ultra, que já está disponível nas lojas brasileiras desde abril.

Começamos a lista com o Pulsefire Raid, mouse de alta performance com 11 botões programáveis e switches que suportam até 20 milhões de cliques. Ele traz sensor Pixart 3389 com ajustes de até 16.000 DPI, velocidade de até 450 IPS e aceleração com até 50g de força. E, como não poderia faltar a um mouse gamer, é possível  fazer ajustes de velocidade e customizar a iluminação RGB usando o software gratuito HyperX NGENUITY.

O preço sugerido para esse periférico é de R$399,90

Partindo para os headsets, a HyperX apresenta três novos modelos Cloud Stinger e o Cloud Alpha S Blackout Edition. O primeiro trio é composto pelos:

- Continua após a publicidade -

- HyperX Cloud Stinger Core + 7.1
- HyperX Cloud Stinger Core Wireless + 7.1
- HyperX Cloud Stinger PS4

Todos oferecem som surround 7.1 virtual (habilitado via HyperX NGENUITY) e drivers direcionais de 40mm. E, para quem prefere usar fones sem fio, o Cloud Stinger Core Wireless + 7.1 trabalha com frequência de 2,4GHz e alcance de 20m, além de bateria para até 17 horas.

O Singer Core busca entregar uma experiência de qualidade por um preço competitivo. Com bom palco sonoro, a HyperX afirma que com esse modelo o gamer de Esports já terá benefícios de um bom fone para suas partidas, servindo para identificar de forma mais clara está se aproximando um inimigo, por exemplo.

O diferencial do Cloud Stinger PS4, licenciado para o console da Sony, são os detalhes em azul e  logo do PlayStation.

- Continua após a publicidade -

Já o  Cloud Alpha S Blackout Edition adiciona um modelo "all black" à linha, com recursos avançados de controle e mixagem. Com ele, é possível usar o som surround 7.1 virtual otimizado e  regular a potência dos graves em três níveis diretamente na concha auricular. O headset também traz a tecnologia Dual Chambers, que implementa duas câmaras sonoras em cada concha para separar os sons graves dos médios e agudos, reduzindo a distorção sonora.

O Alpha S é um produto premium, buscando trazer um nível superior de qualidade e definição sonora.

Abaixo, estão listados os preços sugeridos para todos os headsets citados:

- HyperX Cloud Stinger Core + 7.1 - R$519,90
- HyperX Cloud Stinger Core Wireless + 7.1 - R$649,90
- HyperX Cloud Stinger PS4 - R$399,90
- HyperX Cloud Alpha S Blackout Edition -  R$949,90

O último lançamento da "leva" é o HyperX ChargePlay Clutch, case portátil para Nintendo Switch que carrega a bateria dos controles por indução eletromagnética. Ele vem com bateria de 6.000 mAh que pode ser removida e usada como um powerbank (junto com um cabo USB Tipo-C), e está disponível pelo preço sugerido de R$549.

E, por fim, voltamos ao HyperX FURY Ultra, primeiro mousepad da marca com iluminação RGB, disponível desde abril. O contorno iluminado em 360º pode ser personalizado  com o software HyperX NGENUITY, e sua superfície rígida promete mais precisão e velocidade para os movimentos.

O preço sugerido desse mousepad é de R$549,90, mas é possível encontrá-lo a partir de R$479,90. Pagando a vista em alguns sites do varejo, os produtos ficam mais baratos que o valor anunciado.  

  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.