The Last of Us: Parte 2 é banido no Oriente Médio

Conteúdo com nudez e personagens LGBT pode ser a causa da proibição do game na região

The Last of Us: Parte 2 aparentemente foi banido do Oriente Médio. O game ainda não foi lançado oficialmente, mas as contas oficiais no Twitter da PlayStation dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita já estão divulgando uma lista com os próximos lançamentos para o console - e isso inclui a continuação de The Last of Us.

O problema é que, mesmo com a propaganda, não é possível acessar a página de pré-compra do jogo nas respectivas lojas PlayStation. Os links para as lojas regionais da empresa estão inoperantes. The Last of Us: Parte 2 já está na pré-venda e chega oficialmente em 19 de junho.

O usuário do Reddit Ghostechful chegou a entrar em contato com o Suporte da PlayStation para saber o motivo de não conseguir fazer a pré-compra do jogo na PS Store dos Emirados Árabes Unidos. A resposta oficial confirmou que se um game não existe na loja, é porque ele foi removido pelas autoridades do país.

- Continua após a publicidade -

De acordo com o site VG24/7, uma pesquisa por The Last of Us: Part 2 na PS Store da região redireciona o usuário para o jogo original do PlayStation 3 e para a remasterização do PlaysStation 4. Mesmo com a divulgação do game, o jogo não foi oficialmente aprovado para venda no país.

Ghost of Tsushima, outro exclusivo da PlayStation que teve sua data de lançamento alterada para 17 de julho, já está localizado em árabe possui uma página na PlayStation Store nos países onde The Last os Us: Parte 2 foi banido.

Especula-se que o jogo não tenha sido aprovado nos países em questão devido à classificação indicativa do filme, que mostra cenas de nudez e conteúdo sexual. Além disso, o jogo também conta com personagens e temas LGBT, o que seria um agravante para o banimento do game em países que não compactuam com essas representações em mídias. 

Via: VG247 Fonte: Reddit
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.