Créditos: Ubisoft

Assassin's Creed Valhalla tem novos detalhes da narrativa confirmados

Os conflitos vão poder ser resolvidos com diálogo e o sistema de progressão será importante

Assassin's Creed Valhalla foi confirmado recentemente, como o próximo jogo da série, com a temática Viking. Conforme os dias vão passando, mas detalhes vão sendo revelados pelos executivos que estão envolvidos no processo de desenvolvimento do game. A última informação divulgada é que a narrativa vai abrir mais possibilidades de resolver conflitos. Isso significa que nem tudo será resolvido com violência, diálogos também poderão amenizar e resolver situações adversas. 

Ashraf Ismail, que é o diretor do próximo título da franquia, falou para o site Kotaku sobre a nova mecânica do jogo. Ele destacou o papel das colônias vikings na narrativa, além de mencionar como será abordada as personalidades dos personagens. As colônias terão papel essencial no jogo, pois será onde os jogadores terão informações sobre o que está acontecendo no universo que estão inseridos. Assim, as estratégias podem ser feitas durante esse tempo. A personalidade pode definir como a narrativa será conduzida. 

"A história das invasões neste período, claro, é parte crucial da jornada. [...] Sim, havia muitas guerras sangrentas; brutais. Mas eles se adaptavam às pessoas de quem se aproximavam. E este é um aspecto que não ignoramos. Alguns historiadores afirmam que esta seria a razão pela qual os Vikings perderam o próprio estilo de vida e cultura com o tempo, eles se adaptaram em vez de forçar outros povos".
- Ashraf Ismail, diretor de Assassin's Creed Valhalla

"A história das invasões neste período, claro, é parte crucial da jornada. [...] Sim, havia muitas guerras sangrentas; brutais. Mas eles se adaptavam às pessoas de quem se aproximavam. E este é um aspecto que não ignoramos. Alguns historiadores afirmam que esta seria a razão pela qual os Vikings perderam o próprio estilo de vida e cultura com o tempo, eles se adaptaram em vez de forçar outros povos".
- Ashraf Ismail, diretor de Assassin's Creed Valhalla

Caso os jogadores decidam a estratégia do diálogo, os conflitos podem ser resolvidos sem que haja uma luta. Isso não significa que todos os problemas do jogo vão ser resolvidos dessa maneira. Ainda haverá situações onde o conflito corporal será a única medida possível. 

O diretor também confirmou que a progressão no jogo será importante. Apesar de não poder revelar muitos detalhes, ele informou que o game trabalhará com o "conceito de poder”. Para que esse valor aumente, é necessário que tenha uma evolução na narrativa. Ele afirma que “conforme os jogadores adquirirem habilidades” esse conceito irá aumentar. 

- Continua após a publicidade -

Ele ainda disse que mais detalhes sobre o game serão revelados nos próximos trailers. Ele adiantou que a versão feminina de Eivor terá destaque nos próximos teasers. Destacando que apesar de haver muitas semelhanças entre os personagens, também haverão diferenças importantes.

Assassin's Creed Valhalla deve chegar ao mercado juntamente com os consoles de próxima geração. Ele ainda não tem uma data correta, mas é esperado que seja lançado oficialmente até dezembro de 2020. A Ubisoft já falou que a data pode ser alterada, caso a Sony e Microsoft decidam adiar o lançamento de seus novos dispositivos. Ele tem suporte para PlayStation 5, Xbox Series X, PC, Stadia e também para as atuais gerações dos consoles: PlayStation 4 e Xbox One.

Via: IGN Brasil, Voxel
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.