Créditos: Canal TecLab (não o que você está pensando, outro)

Este cachorro pode te contar antes da hora o desempenho do Intel Core i9-10900K

Site chinês publica seus testes com games e softwares profissionais

Como já é tradição na comunidade de hardware, sempre tem aquele que não sabe esperar e sai furando embargos. O site chines TecLab (não confundir com o TecLab brazuka de Ronaldo e cia) publicou um vídeo estrelado por alguém com máscara de cachorro e com um grande conjunto de testes do Core i9-10900K, o modelo topo de linha da nova geração de processadores domésticos da Intel codinome Comet Lake-S.

Os testes colocam o topo da 10ª geração Intel Core para encarar os modelos Ryzen 9, com o 3900X - concorrente direto em preço - e o 3950X, modelo mais robusto e também bem mais caro. Os resultados mostram que mesmo com dois núcleos a menos, o 10900K não fica atrás em alguns softwares de produtividade e está na vantagem quando o assunto é games.

O modelo da Intel levou a melhor nos três games testados, o que inclui Assassin's Creed Odyssey, Metro: Exodus e Shadow of the Tomb Raider.

Partindo para os testes sintéticos e de aplicações profissionais, passamos a ter uma alternância na liderança dos benchmarks:

- Continua após a publicidade -




Em aplicações profissionais, não é uma surpresa ver a Intel na frente em testes com a suíte da Adobe, como o Premiere e o Photoshop, softwares que o lado azul da força costuma se sair melhor. Algo um pouco inesperado foi ver a vantagem da AMD no CineBench nos testes single-thread, mostrando como as gerações Zen mais recentes equilibraram o jogo com a Intel nesse aspecto.

Um trecho que chama a atenção é o consumo. Com o teste de estresse do CPU-Z rodando, a bancada do Core i9-10900K atingiu o consumo de 337W, bem acima dos 262W do 3900X e até dos 306W do 3950X, processador com 6 núcleos a mais. Os modelos da 10ª geração Core tem um aumento de frequências de operação, o que pode estar impactando no consumo e também nas temperaturas, como já começam a surgir alguns vazamentos

- Continua após a publicidade -

Os processadores Intel Core de 10ª geração chegam esse mês ao mercado, inclusive com lojistas brasileiros já realizando a pré-venda. A empresa lançará junto com esses novos CPUs um conjunto de novos chipsets da série 400, que chegarão ao mercado através das fabricantes parceiras da Intel. Já temos diversas Z490 por aqui, e assim que tivermos em nossas patas algum CPU, traremos nossas impressões com os novos produtos da Intel.


Fonte: TecLab chinês
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.