Créditos: Nvidia

Nvidia anuncia cluster de computadores DGX SuperPOD com 700 PetaFLOPs de potência

Máquina combina 140 sistemas DGX A100 para processamento de inteligências artificiais

A Nvidia anunciou a próxima geração do supercomputador DGX SuperPOD, que vai trazer um cluster com 140 sistemas DGX A100. No total, ele vai conseguir atingir 700 PetaFLOPs de potência de computação de inteligência artificial (IA).

A máquina utiliza interconexões Nvidia Mellanox HDR InfiniBand, com uma taxa de transferência de dados de 200Gbps. O supercomputador será utilizado para pesquisas internas da própria Nvidia, que vão envolver tópicos como condução atômica, genômica e IA de conversação.

Site oficial: Nvidia DGX SuperPod

Ele se beneficia da arquitetura do DGX A100, que permitiu que o sistema fosse construído em apenas um mês. Caso contrário, a empresa teria que ter passado meses ou até mesmo anos planejando e adquirindo os componentes especializados que seriam precisões para oferecer tais recursos de supercomputação.

- Continua após a publicidade -

De acordo com a própria fabricante, esse é um dos clusters mais poderosos do mundo. Ele é capaz de alcançar uma performance que, anteriormente, só poderia ser atingida com o uso de milhares de servidores.

"Para ajudar os clientes a criarem seus próprios data centers com tecnologia A100, a Nvidia lançou uma nova arquitetura de referência DGX SuperPOD. Ela oferece aos clientes um esquema que segue os mesmos princípios de design e as práticas recomendadas que a Nvidia usou para construir seu cluster de supercomputação de IA baseado na DGX A100".
Comunicado oficial da Nvidia

"Para ajudar os clientes a criarem seus próprios data centers com tecnologia A100, a Nvidia lançou uma nova arquitetura de referência DGX SuperPOD. Ela oferece aos clientes um esquema que segue os mesmos princípios de design e as práticas recomendadas que a Nvidia usou para construir seu cluster de supercomputação de IA baseado na DGX A100".
Comunicado oficial da Nvidia

A Nvidia ainda divulgou um documento com a arquitetura de referência necessária para aprender a construir o DGX SuperPOD de 2ª geração. Com isso, os clientes corporativos da firma conseguem utilizar uma abordagem sistematizada para escolher a sua infraestrutura de supercomputação de inteligência artificial.

  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.