Créditos: Intel

Intel Core i9-10900K rodaria a 90°C, mesmo com resfriamento líquido [Rumor]

Relatos iniciais de usuários na China mostram que 14nm+++ não é tão eficiente quanto esperado
Por Carlos Felipe Estrella 12/05/2020 17:38 | atualizado 12/05/2020 17:38 Comentários Reportar erro

O novo processador topo de linha da Intel, Core i9-10900K, estaria com sérios problemas de superaquecido – ou ao menos é isso que indica um rumor vindo da China. Segundo o usuário do Weibo, Wolfstame, um teste de stress feito com a CPU deixou ela constantemente a 90°C, mesmo com o uso de resfriamento líquido.

Como aponta o site Tweak Town, isso demonstra que a arquitetura Comet Lake da Intel não atingiu a eficiência energética esperada, e que justificaria a escolha pela já antiga arquitetura de 14nm da empresa.

Site oficial: Intel Core i9-9900K

Enquanto isso, vale lembrar que a concorrente AMD já está usando a sua litografia de 7nm FinFET em parceria com a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC). Os processadores da empresa têm rodado bem, com clocks altos e sem problemas de superaquecimento.


Fonte: Weibo/Wolfstame

- Continua após a publicidade -

Enquanto isso, o Intel Core i9-10900K mantém a sua litografia de 14nm+++ e traz TDP de 125W. Nos testes de Wolfstame, o processador atingiu 93°C de pico de temperatura – mesmo utilizado em conjunto com um cooler AIO de 240mm.

Já nos testes de stress FPU do AIDA64, o processador topo de linha da Intel atingiu surpreendentes 235W de consumo sob carga máxima. Esse é o preço a se pagar pelas impressionantes especificações que o Core i9-10900K possui no papel.

A CPU topo de linha da próxima geração da Intel deverá ter até 5.3GHz de boost clock, assim como 10 núcleos e 20 threads. Vazamentos anteriores apontam que o processador da Intel chegará ao mercado custando US$ 499, um bom preço para concorrer com o Ryzen 9 3900X – que possui mais núcleos e threads, porém clocks menores.

O Core i9-10900K ainda deverá ter 20MB de Intel Smart cache e suporte a até dois canais de memória DDR4-3200MHz. O processador teria suporte ao socket LGA1159 e traria clock base de 3.4GHz.

- Continua após a publicidade -

Via: Tweak Town
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.