GPU mobile da AMD e Samsung "detona" Adreno 650 em primeiro vazamento de testes

Informações não oficiais mostram resultados de performance muito acima da Qualcomm

A parceria entre Samsung e AMD para trazer GPUs mobile com arquitetura RDNA para os smartphones Galaxy está se mostrando bastante promissora. Num vazamento recente - que deve ser visto com todo ceticismo que os rumores merecem - mostra resultados de benchmark não apenas positivos, mas esmagadores em relação à Adreno 650, a GPU do Snapdragon 865.

Os resultados abaixo foram postados no fórum sul-coreano Clien, de um usuário que afirma ter obtido os números no GFXBench:

GPU AMD/Samsung:
- Manhattan 3.1 test: 181FPS
- Aztec Normal: 138FPS
- Aztec High: 58FPS

Adreno 650:
- Manhattan 3.1 test: 123FPS
- Aztec Normal: 53FPS
- Aztec High: 20FPS

O Snapdragon 865, onde encontramos a Adreno 650, é o atual SoC mais potente da Qualcomm e, por consequência, o processador mais avançado que um smartphone Android pode ter no momento. Isso pode significar ótimas notícias para a Samsung, que tem enfrentado críticas em relação á performance das GPUs de seus processadores mobile Exynos atuais. Visto que a fabricante tem uma política de oferecer variantes dos celulares Galaxy mais avançados com Exynos ou Snapdragon dependendo do mercado, alguns clientes acabam se sentindo na desvantagem.

- Continua após a publicidade -

Os números servem para nos deixar otimistas em relação ao futuro da parceria entre Samsung e AMD para criar GPUs mobile, mas é bom ficar de olho e aguardar resultados oficiais. Mesmo que o vazamento seja verdadeiro, no próprio post do fórum Clien, o "vazador" explica que as empresas ainda estão enfrentando alguns problemas com o consumo de energia do novo componente e precisam fazer ajustes. Então podemos ver números finais de performance um pouco diferentes no lançamento final dos componentes.

E esse lançamento final pode acontecer logo no ano que vem, segundo o anúncio de parceria entre as empresas. A Samsung confirmou que estava trabalhando com a AMD na nova GPU numa conferência para investidores em agosto de 2019, com a previsão de lançamento num smartphone dentro de dois anos, o que coloca essa janela em 2021. Será que veremos o Galaxy S21 (ou S30) com GPU RDNA ou será um novo dispositivo diferenciado para a estreia do componente?

Fonte: NotebookCheck
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.