Créditos: tweaktown

AMD e NVIDIA fazem a compra de toda fabricação excedente da TSMC

Mesmo com crise na economia, TSMC tem resultados positivos em seu relatório fiscal

Enquanto a pandemia de Covid-19 tem afetado a economia negativamente, a NVIDIA e AMD parecem ter tirado o melhor do momento. Segundo um relatório no site Digitimes, de Taiwan, as empresas solicitaram a compra dos produtos excedentes fabricados pela TSMC, para os seus hardwares de próxima geração. 

A informação começou a circular devido aos relatórios positivos da TSMC, para o primeiro semestre de 2020. Esse seria o período em que a empresa teria seus lucros reduzidos, devido a pandemia. Apesar disso, parece que tanto a Nvidia como a AMD pretendem adiantar os seus processos, para os seus próximos lançamentos. 

O desenvolvimento e arquitetura é todo feito pela Nvidia e AMD. Já o processo de fabricação é feito por uma empresa terceira. A TSMC é responsável por entregar a litografia de 7nm, portanto é uma parceira importante para o desenvolvimento desse processo. Por esse motivo, foi a escolhida pelas desenvolvedoras.

A AMD já utiliza 7nm em diversos chips já desenvolvidos. A sua concorrente, a NVIDIA, não lança uma novidade para o mercado desde 2018 e, ainda assim, se mantém líder no setor. Parece que a fabricante dos chips GeForce estava aguardando a litografia ficar consolidada, apresentando os melhores resultados, para começar utilizar em seus produtos.

- Continua após a publicidade -

Segundo alguns relatórios, é esperado que a AMD seja a maior cliente de 7nm da TSMC até o segundo semestre de 2020, tendo uma produção maior do que empresas importantes no setor, como a Qualcomm e o HiSilicon. A empresa já fez a reserva de 30.000 bolachas em um único "swoop". Isso significa que 21% da capacidade total da TSMC é voltada para atender a demanda da AMD.

A NVIDIA também promete grande concorrência com a AMD. Há alguns rumores que a empresa estaria esperando o lançamento do Big Navi para, somente depois, mostrar sua nova série de placas de vídeo da série RTX 3000 (também chamada de GPU Ampere). Isso seria uma estratégia para lançar produtos com possíveis especificações melhores, por um preço menor que o anunciado pela AMD. 

Ao que tudo indica, ambas as empresas estão se preparando para apresentar lançamentos em breve. Quem acaba lucrando com a competição é a TSMC que irá entregar mais chips, para ambas as empresas. 

Via: WCCFTech
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.