Créditos: TechSpot | Freebie Supply

Project Proton da Valve permite jogar mais de 6.500 jogos do Windows no Linux

De acordo com o ProtonDB, todos esses games funcionam perfeitamente sem modificações

De acordo com o ProtonDB, o Project Proton da Valve já disponibilizou a jogatina de mais de 6.500 jogos do Windows no sistema operacional Linux. Para quem não está familiarizado, o Proton é justamente uma ferramenta desenvolvida pela Valve Software para que games do Windows possam ser executados no Linux através da Steam.

O ProtonDB, por sua vez, é um portal que procura coletar informações de outros jogadores, enquanto estes testam jogos no Linux e fornecem pontuações sobre o desempenho desses títulos. A Steam tem um grupo limitado de games na sua "lista branca" que são considerados compatíveis com o Proton e, com base nos relatórios do ProtonDB, um bom número de jogos que não estão nessa lista podem ser reproduzido tão bem quanto no Windows.

Segundo ele, todos esses 6.500 games funcionam perfeitamente sem modificações no Linux. Até o momento em que essa publicação está sendo feita, o portal conta com 78.240 relatórios e 12.871 jogos citados.

Entre os títulos mais populares que podem ser jogados através da Proton, estão Counter-Strike: Global Offensive, Dota 2, PUBG e GTA V.

- Continua após a publicidade -

Outros games que ainda não estão oficialmente na lista de permissões da Steam Play, mas que receberam relatórios positivos no ProtonDB incluem:

- The Witcher 3: Wild Hunt (análise);
- No Man's Sky (análise);
- GTA V;
- The Elder Scrolls V: Skyrim;
- Sekiro Shadows Die Twice (análise) // (Game & Prosa);
- Hitman 2 (análise);
- Hellblade: Senua's Sacrifice (análise) // (Game & Prosa).

Atualmente, mais de 100 jogos estão obtendo compatibilidade completa com Linux a cada mês.  Dos 1000 melhores jogos da Steam, 67% funcionam perfeitamente após pequenos ajustes.

- Continua após a publicidade -

Via: TechPowerUp
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.