Créditos: DP023

Veja como fica Resident Evil 3 Remake com as animações faciais em 500%

Mais uma prova de que qualquer coisa em excesso não faz bem

A Capcom tem ganhado destaque nos últimos anos com a qualidade gráfica dos remakes de Resident Evil, mas, como aponta a grande máxima da vida, qualquer coisa em excesso não faz bem. O youtuber DPO23 resolveu extrapolar os limites da realidade e subiu o nível das animações faciais de Resident Evil 3 Remake para 500%, e o bizarro resultado pode ser visto no vídeo abaixo.

O experimento dá grande destaque ao personagem Carlos Oliveira, mas também traz versões extremamente expressivas de Jill Valentine e Nicholai Ginovaeff. Em alguns momentos, o modder também ativa os movimentos corporais em 500%, o que deixa tudo ainda pior. Para quem curte esse tipo de conteúdo, o vídeo abaixo conta com quatro minutos de custscenes do game com faces modificadas e alguns bugs levemente perturbadores.

O trabalho de DP023 com Resident Evil 3 Remake não é uma novidade. O produtor de conteúdo já abraçou o caos das animações faciais extremamente altas no passado. Um de seus envios mais famoso no YouTube é um vídeo trazendo Resident Evil 2 Remake com as animações faciais em 500%.

Os vídeos com expressões faciais elevadas do jogo anterior da franquia alcançaram até 5,7 milhões de visualizações no YouTube e deram vida para imagens que ficaram eternizadas em memes na internet, como o protagonista Leon com olhos arregalados. 

Resident Evil 3 Remake chegou ao mercado no começo de abril e está disponível para PC, PS4 e Xbox One. A versão do game na Steam está disponível por R$ 129,99, mas pode ser encontrada por valores mais em conta em promoções. Na loja brasileira Nuuvem, por exemplo, o título está disponível com 10% de desconto.

- Continua após a publicidade -

Já a versão reimaginada de Resident Evil 2 chegou ao mercado no ano passado e pode ser encontrada por preços acessíveis atualmente. A versão do game para PC está em promoção atualmente e pode ser adquirida por R$ 44,99, metade do preço convencional.

Via: VG247
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.