Créditos: HiComm

Huawei estaria se preparando para entrar no mercado de GPUs

A chinesa tem recursos, mas estaria competindo com a AMD, Nvidia e Intel
Por Saori Almeida 13/04/2020 14:27 | atualizado 13/04/2020 14:27 Comentários Reportar erro

Parece que a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, a Huawei, está interessada em entrar num novo mercado: o de GPUs. De acordo com informações da agência de notícias coreana O Elec, a companhia planeja competir no setor de placas gráficas para servidores este ano.

A Huawei estaria se preparando para abrir uma loja na Coréia sob o recém-criado Cloud and AI Business Group - até então, a Huawei Korea contava apenas com os grupos Carrier, Enterprise e Consumer. O Elec também acredita que a chinesa está tentando atrair talentos da Nvidia para ajudar nesse novo projeto.

Como sabemos, a Huawei não precisa se preocupar tanto com  falta de recursos ou infraestrutura para essa empreitada. No entanto, também lembremos que, entrando no mercado de GPUs agora, ela estaria batendo de frente com as veteranas Amd e Nvidia, além da recém-chegada Intel.

Apesar disso, a chinesa já chegaria com algumas supostas vantagens. No ano passado, ela lançou o chip AI Ascend 910 que, segundo a própria Huawei, é capaz de fornecer até 256 TFLOPS de desempenho de meia precisão (FP16) - o que representaria duas vezes a velocidade do Tesla V100 da Nvidia. Além disso, o silício utilizado pela companhia é baseado no processo N7+ da TSMC, que está mais um passo a frente da Nvidia - a matriz GV100 do Tesla V100 usa o processo de 12nm.

Para entender um pouco mais sobre TFLOPS, veja nosso vídeo a partir dos 2:10min:

- Continua após a publicidade -

Outra questão que não passa despercebida nessa decisão da Huawei são as tensões com os Estados Unidos. Com a entrada no mercado de GPUs, a China praticamente alcançaria a sua auto-suficiência. Porém, os EUA estão se preparando para impedir que a TSMC faça negócios com a gigante chinesa, o que pode atrapalhar um pouco os planos. 

O que podemos fazer neste momento é esperar pelos próximos passos da HUawei e ver as peças do setor de placas gráficas de moverem no tabuleiro.

Via: Tomshardware
Assuntos
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.