Créditos: Joshua Wong/Twitter

China bane Animal Crossing após usuários do game protestarem a favor de Hong Kong

Apesar de sua classificação livre, New Horizons é político demais para Xi Jinping

O Governo da China anunciou o banimento do jogo de simulação social Animal Crossing: New Horizons do país por motivações políticas. Pode parecer algo bastante inusitado quando se trata de um game tradicional da Nintendo – com visual fofo e classificação indicativa livre – mas tem relação total com o conteúdo criado pelos próprios jogadores.

O gabinete de Xi Jinping está proibindo a venda do game numa plataforma que equivale ao Mercado Livre para a China. Isso porque o mais novo Animal Crossing ainda nem sequer teve sua venda oficial aprovada no país asiático.

Por causa disso, os usuários estavam tendo que importar diretamente os produtos a partir de sites como Taobao e Pinduoduo, que têm um funcionamento similar ao do eBay. Alguns outros estavam tomando o caminho alternativo de mudar a região da eShop do seu Nintendo Switch para poder adquirir o game.

Segundo o analista sênior da Niko Partners, Daniel Ahmad, o principal motivo para o banimento do game na China é que ele estava sendo usado pelos usuários para a execução de manifestações a favor de Hong Kong. A região administrativa especial possui um sistema político diferente daquele da China continental.

- Continua após a publicidade -

Em março de 2019, um projeto de uma lei que permitiria a extradição de habitantes de Hong Kong para a China fez com que enormes protestos começassem a eclodir pela região. Agora que o mundo inteiro está passando por um isolamento social por causa da Covid-19, os habitantes de Hong Kong estão achando maneiras criativas de protestarem.

Aí que entra outro ponto levantado por Daniel Ahmad: Animal Crossing New Horizons está fazendo muito sucesso nas redes sociais, no momento. Isso o torna num ótimo ambiente para os manifestantes – e também no alvo perfeito para o governo chinês.

Alguns usuários estão sendo bem diretos e usando o chat para escrever mensagens como "Hong Kong Livre". Já outros utilizam as capacidades de criação de artes próprias de Animal Crossing para fazer quadros de governantes e bandeiras defendendo o fim do projeto de lei de extradição.

Via: Eurogamer
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.