Créditos: Razer

Razer fará um milhão de máscaras para ajudar no combate ao Coronavírus

Empresa vai fabricar e doar máscaras para profissionais de saúde que lutam contra a COVID-19

A fabricante de periféricos Razer anunciou que está produzindo um milhão de máscaras para serem doadas para unidades de saúde. A iniciativa foi revelada no Twitter de Min-Liang Tan, o CEO da fabricante de periféricos.

De acordo com Min-Liang Tan, a empresa já está trabalhando na iniciativa faz um tempo, mas só agora a novidade foi revelada. O executivo explicou que a equipe da empresa dedicou nos últimos dias para adaptar as linhas de montagem para a nova missão.

Segundo o CEO da companhia, a demanda pelos produtos da marca está alta por causa das quarentenas e estado de isolamento social, mas a equipe da firma, ainda assim, resolveu entrar na batalha contra a COVID-19. "Nosso time da Razer entende que todos nós temos um papel a realizar na luta contra o vírus - não importa em qual indústria estejamos inseridos."

O Coronavírus é altamente contagioso e se espalha como uma gripe comum, o que acabou aumentando a demanda por máscaras e causando uma escassez em certos locais do mundo. O cenário acaba atrapalhando profissionais de saúde, que trabalham no combate à doença e podem acabar infectados.

"Com o agravamento da situação do COVID-19, as autoridades de saúde em todo o mundo enfrentam uma extrema escassez de máscaras cirúrgicas usadas pela equipe de saúde da linha de frente na batalha contra o vírus. Alguns países até proibiram a exportação de máscaras diante da terrível escassez."
- Min-Liang Tan, CEO da Razer

- Continua após a publicidade -

O comandante da Razer disse que as máscaras produzidas pela companhia serão distribuídas para centros de saúde, visando auxiliar as pessoas que lutam "na linha de frente" contra o Coronavírus. 

Segundo o CEO da Razer, os primeiros lotes de máscaras serão doados em Cingapura, local onde fica a sede da companhia no Sudeste Asiático. Min-Liang Tan disse que as doações serão feitas globalmente e a equipe da fabricante entrará em contato com autoridades de outros países para otimizar a distribuição.

"O restante de nossos escritórios globais e regionais da Razer também entrará em contato com seus respectivos governos / autoridades de saúde para ver como podemos priorizar nosso apoio e doações de máscaras cirúrgicas nos vários países e regiões onde estamos presentes", explicou o executivo.

Fonte: Twitter
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.