Créditos: Digital Foundry | Gratis PNG

Seagate anuncia expansão de SSD de 1TB para o Xbox Series X em parceria com MS

Esse componente deve funcionar como parte da tecnologia "Velocity Architecture"
Por Saori Almeida 16/03/2020 17:18 | atualizado 16/03/2020 17:18 Comentários Reportar erro

A Microsoft divulgou detalhes sobre Xbox Series X hoje (16) e um tópico que chamou bastante a atenção diz respeito a armazenamento. Além do SSD NVMe de 1 TB que estará instalado internamente no console por padrão, a gigante do software fez uma parceria com a Seagate, que anunciou uma expansão SSD externa desenvolvida especialmente para o Xbox da próxima geração.

Esse "Xbox Series X Storage Expansion Card", de acordo com as informações que temos até então, é uma unidade NVMe customizada que se apresenta como um "cartão de memória" e oferecerá 1 TB a mais de espaço ao console - mantendo o mesmo desempenho que o SSD interno. A expansão poderá ser conectada na parte traseira do console e , conforme o deepdive do Digital Foundry, se comunicará diretamente com o processador por meio de protocolos de conexão PCI Express 4.0. No entanto, esse dispositivo seria "pesado" devido as suas pequenas proporções e também pela sua construção em metal sólido, que atua como um dissipador de calor.

"Criada em parceria com a Seagate, esta solução de armazenamento personalizado de 1 TB expande a capacidade de armazenamento do Xbox Series X com toda a velocidade e desempenho da arquitetura Xbox Velocity. Os títulos Xbox da geração anterior ainda podem ser jogados diretamente de discos rígidos externos USB 3.2. No entanto, para receber todos os benefícios da arquitetura Xbox Velocity e desempenho ideal, os jogos otimizados do Xbox Series X devem ser jogados a partir do SSD interno ou do cartão de expansão de armazenamento do Xbox Series X." - Descrição da Microsoft sobre a expansão SSD em questão.

"Criada em parceria com a Seagate, esta solução de armazenamento personalizado de 1 TB expande a capacidade de armazenamento do Xbox Series X com toda a velocidade e desempenho da arquitetura Xbox Velocity. Os títulos Xbox da geração anterior ainda podem ser jogados diretamente de discos rígidos externos USB 3.2. No entanto, para receber todos os benefícios da arquitetura Xbox Velocity e desempenho ideal, os jogos otimizados do Xbox Series X devem ser jogados a partir do SSD interno ou do cartão de expansão de armazenamento do Xbox Series X." - Descrição da Microsoft sobre a expansão SSD em questão.

- Continua após a publicidade -

Esses pequenos SSDs funcionarão como parte da nova tecnologia "Velocity Architecture" do Xbox Series X - uma maneira de os desenvolvedores utilizarem a memória SSD como RAM padrão para armazenar ativos de jogos em tempo real e acessá-los com o mínimo de comprometimento de velocidade. No entanto, uma questão que não está totalmente definida é se esse "SSD extra" contará com uma conexão desenvolvida especialmente para o console (proprietária) ou se veremos uma M.2 padrão.

Muitos dos veículos que discutem sobre tecnologia dão a entender que esse dispositivo da Seagate chegará de fato com uma entrada proprietária envolta em pequenos cartuchos de metal, mas a coisa toda ainda não está clara. Com uma porta M.2, por exemplo, o leque de alternativas seria mais amplo, e seria mais fácil vermos outros produtos semelhantes - e com mais espaço de armazenamento, talvez - no futuro. 

Ainda nessa questão, é preciso lembrar que o Xbox Series X é um console que vai se dedicar bastante a desempenho gráfico. Ele promete gameplays em resolução 4k a 60 frames por segundo, Ray Tracing e também já ouvimos falar de resolução 8k para alguns casos. Assim, os jogos para esse "monstrinho" serão logicamente maiores e precisarão de muito espaço para serem armazenados - se mais do que a Seagate e a Microsoft estão oferecendo juntas, ainda não sabemos. 

- Continua após a publicidade -

A Seagate não divulgou preços ou uma data de lançamento para essa expansão SSD, mas boa parte dos veículos acredita que ela não será barata. Como o Engadget e o GamesRadar mencionam, a "regra geral" é que SSDs desta classe cheguem ao mercado com preços mais salgados do que modelos tradicionais no formato M.2 de mesma capacidade. Além disso, por esse componente ser um produto direto da Xbox e da Seagate, ele não fugiria a esse caminho.  

Via: Digital Foundry, Gamespot, Metro, Gamesradar, Engadget
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.