Conserto de PC faz pianista perder US$20 milhões nos EUA

Tudo indica que estamos frente a um recorde de "conserto de computador mais caro do mundo". O compositor e pianista Roger Davidson, de 58 anos, pode ter gasto até US$20 milhões com uma assistência técnica picareta de Nova York, nos Estados Unidos.

Até agora, a polícia jÁ conseguiu confirmar um prejuízo de US$6 milhões. Isso tudo, simplesmente, para remover um vírus do sistema.


Isso porque, ao levar seu computador para reparos, solicitando a remoção de um software malicioso, o músico foi convencido de que seu problema não era apenas esse, mas sim que ele era vítima de uma  conspiração envolvendo desde criminosos em Honduras até padres poloneses ligados à Opus Dei, conforme o Wall Street Journal.

A solução para evitar danos a Davidson e sua família seria não apenas a remoção do código malicioso da mÁquina da vítima, como a proteção 24 horas, todos os dias. Com isso, o músico teria concordado em desembolsar alguns milhares de dólares mensalmente para os criminosos. E um detalhe: isso vem ocorrendo desde 2004.


Imagem: Wired


Os culpados pela fraude, Vickram Bedi, de 36 anos, e Helga Invarsdottir, de 39, foram presos enquanto se preparavam para fugir para a Islândia, segundo o jornal The New York Times. De acordo com a Wired, se condenados, podem pegar até 25 anos de prisão.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.