Créditos: Notebookcheck

Intel planejando lançar conceito big.LITTLE para processadores desktop? ENTENDA

A arquitetura seria usada nas CPUs Alder Lake, que ainda vão demorar para chegar
Por Saori Almeida 09/03/2020 19:47 | atualizado 10/03/2020 09:43 Comentários Reportar erro

Segundo vazamento, a Intel pode estar planejando introduzir uma nova arquitetura híbrida em seus futuros processadores desktop Alder Lake. O conceito-base é conhecido como Big.Little no mundo dos smartphones e, com ele, as CPUs teria dois grupos de núcleos: de alto e baixo consumo.

A arquitetura Big.Little foi desenvolvida pela ARM pensando em "melhorias no padrão de uso dinâmico" de dispositivos mobile. Ela é bastante usada nos smartphones já mencionados, que sentem seu benefício em vida útil e controle de temperatura, por exemplo.  Ela é, basicamente, divida em dois grupos: núcleos focados em máxima eficiência com baixo consumo (Little) e núcleos focados em máxima performance de alto consumo (Big).

Para entender melhor: o aparelho X trabalha com os núcleos de baixo consumo em situações normais, e o segundo grupo de núcleos é acionado quando o usuário utiliza algum aplicativo ou recurso que exige máximo desempenho - um jogo mais pesado, etc.  O software Big.Little aloca automaticamente as tarefas nos núcleos apropriados de acordo com o desempenho necessário para executá-las.

"O Big.Little se ajusta a períodos de alta intensidade de processamento, como em jogos mobile e navegação na web, e alterna com períodos tipicamente mais longos de tarefas de baixa intensidade de processamento, como mensagens de texto, e-mail e áudio e períodos de inatividade." - Descrição disponível na página da ARM.

"O Big.Little se ajusta a períodos de alta intensidade de processamento, como em jogos mobile e navegação na web, e alterna com períodos tipicamente mais longos de tarefas de baixa intensidade de processamento, como mensagens de texto, e-mail e áudio e períodos de inatividade." - Descrição disponível na página da ARM.

- Continua após a publicidade -

No caso da Intel, a nova arquitetura híbrida ainda demoraria para aparecer de fato. Ela seria implementada nas futuras CPUs Alder Lake-S baseadas nos 10++ nanômetros. Para ter uma noção mais clara, os processadores Alder Lake-S devem vir depois dos Rocket Lake-S, que virão depois dos Comet Lake-S.

Segundo as especulações, esses processadores também exigirão um novo soquete LGA1700. A arquitetura Big.Little estaria disponível em CPUs com um TDP de 80W ou 125W, e a Intel também estaria buscando um desempenho de até 150W.

Um desses processadores teria 16 núcleos - oito núcleos Golden Cove de alto consumo e oito de baixo consumo, talvez Gracemont. Outra versão apresentaria seis núcleos, todos de alto consumo. Por fim, também de acordo com o vazamento, todas as CPUs teriam gráficos integrados GT1.

- Continua após a publicidade -

 A informação toda surgiu do já conhecido leaker @momomo_us e, como todo vazamento, essas informações devem ser absorvidas com uma boa dose de ceticismo. Mas, caso realmente aconteça, podemos ver isso como uma tentativa da Intel de se posicionar de forma mais competitiva no mercado, tendo em vista a vantagem da AMD com relação a contagem de núcleos e litografia.

Além disso, a implementação do conceito Big.Little em desktops pode ser um indicativo de que, em algum momento, ela vai chegar aos notebooks. Isso, por sua vez, seria uma mudança, no mínimo, bem-vinda para os computadores portáteis.

Via: Tomshardware, Videocardz, Wccftech
Tags
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.