Créditos: Nvidia

Novos benchmarks revelam GPU da Nvidia com 7.936 núcleos CUDA

Essa pode ser a terceira opção dos modelos de próxima geração da empresa

No final de fevereiro vazamentos do Geekbench revelaram duas placas de vídeo da Nvidia. Aparentemente, a empresa vai lançar uma terceira opção, que deve ser igualmente potente, como as já mencionadas. Se o vazamento se confirmar, essa nova GPU pode ser lançada com 7.936 núcleos CUDA e 32GB de memória HBM2, configurações bastante "parrudas" e que podem equipar um modelo de uso profissional.

Os novos vazamentos mostram que a próxima linha de GPUs vai ser muito potente. Para usarmos como comparação, a melhor opção disponibilizada pela empresa para o mercado gamer atualmente é a GTX 2080 Ti. Ela é equipada com 4.352 núcleos CUDA, enquanto o vazamento indica uma GPU com 7.936. A diferença também está na litografia usada. O modelo atual é de 12nm e a próxima geração deve ser construída em 7nm, modificação importante que viabiliza essa quantidade maior de núcleos,

Apesar da relação não ser completamente linear, o aumento no número de núcleos indica um melhor desempenho para as placas de vídeo. As outras duas opções reveladas em fevereiro devem ser equipadas com 6.912 e 7.552 núcleos CUDA. Na tabela abaixo está as informações reveladas pelo Geekbench dos três modelos, comparando com algumas opções atuais. 

A Nvidia teve seu último lançamento topo de linha em 2018 e, até o momento, nenhuma empresa da concorrência conseguiu lançar uma GPU que superasse a RTX 2080 Ti. Devido a isso, a empresa não parece estar com pressa para lançar os seus próximos modelos. A AMD já confirmou que uma placa de alta performance baseada em Navi está a caminho em algum momento de 2020, sem trazer mais informações. O que os vazamentos indicam é que ela pode estar trabalhando para aprimorar ainda mais as suas opções. Os três novos modelos podem ter performance impressionante. 

- Continua após a publicidade -

O relatório divulgado pelo Geekbench, mostra que a terceira opção de placa terá 32 MB de cache L2. Para usarmos como comparação, o Tesla V100S possui um cache L2 de 6 MB. Além disso, essa placa de vídeo também foi listada com 32 GB de memória. Outras informações que são reveladas pela listagem é que ela estava rodando os testes a 1,2 GHz, em uma interface de memória de 4.096 bits, valor que confirma a presença de HBM2. 

Há rumores de que as placas gráficas se baseiem na microarquitetura Ampere da Nvidia, usando as instalações TSMC e 7nm da Samsung. É provável que esses modelos não sejam direcionados para o mercado gamer, mas sim para clientes profissionais.  Você pode conferir as especificações do sistema em que a placa foi testada na imagem abaixo:

Vale lembrar que esses testes ainda não foram confirmados pela Nvidia e ainda não são oficiais. Tratam-se apenas de rumores, baseados em informações vazadas pela Geekbench. É possível que a empresa altere muitas características das placas antes de lançá-las no mercado. Embora esses testes sejam empolgantes, eles devem ser levados ainda como especulações.

- Continua após a publicidade -

Devido a epidemia do Coronavírus, a Nvidia cancelou o seu evento presencial do GTC 2020. Para não deixar de demonstrar os seus produtos, a empresa fará uma apresentação totalmente online no dia 22 de março de 2020. É esperado que seja lançadas grandes novidades para o próximo ano.

Via: Tom's Hardware
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.