Créditos: Siliconera.com

Bloodstained não irá receber modo Roguelike de sua meta extendida

Meta que mirava em 5 milhões foi alcançada em menos de um mês de campanha, mas recompensa será substituída por função similar bem mais limitada

Bloodstained: Ritual of The Night, o sucessor espiritual de Castlevania: Symphony of the Night, foi um sucesso de financiamento em sua campanha do Kickstarter e ainda em junho de 2015 alcançou a meta extendida de US$ 5.000.000. A meta tinha como recompensa planejada um modo de jogo em formato Roguelike, com o castelo sendo formado processualmente conforme o jogador alcança cada sala nova. A ideia ambiciosa era de incentivar que a comunidade jogasse Bloodstained múltiplas vezes, sempre explorando um castelo diferente do anterior além de dar ao jogador a possibilidade de compartilhar o código de seu novo castelo com amigos. O modo, entretanto, não poderá ser implementado ao jogo por questões técnicas, pois, segundo a equipe da ArtPlay, o código do jogo é incompatível com o formato de gameplay que jogos roguelike utilizam, especialmente se o castelo precisasse ser gerado processualmente sala por sala. 

Koji Igarashi, um dos principais nomes por trás da série Castlevania e cofundador do estúdio ArtPlay, se desculpou com a comunidade por não conseguirem implementar a funcionalidade prometida nas metas expandidas da campanha que foi lançada em 11 de maio de 2015 e já no dia 12 havia atingido a primeira meta de US$ 500.000, alcançando a incrível marca de 5 milhões no dia 10 de junho de 2015, menos de um mês após o seu início. No lugar do modo roguelike o jogo irá receber um modo de jogo com parâmetros que poderão ser aleatorizados. “Antes de iniciar o jogo, os jogadores podem selecionar até 8 parâmetros diferentes que serão aleatorizados durante aquela campanha”, explicou o desenvolvedor.

Os jogadores podem optar por aleatorizar itens, baús, missões, lojas, drops de inimigos, salas de save e de teleport, resultados de criações de itens e qual será o chefe final do jogo. A ArtPlay ainda disse que alguns itens essenciais para o avanço do jogo e exploração das áreas sejam exceções a este processo para evitar que os jogadores se deparem com situações onde não consigam mais avançar na campanha por não terem obtido tal item.

Assim como planejado para o modo Roguelike, os jogadores ainda irão receber um código que poderá ser compartilhado com amigos a cada novo jogo criado. Será incluído também um cronômetro que salvará o tempo que o jogador levou para completar o jogo e será mostrado ao final de cada campanha.

- Continua após a publicidade -

O modo Randomizer será gratuito para todos os jogadores e chegará junto com o update Zangetsu, que introduzirá esse personagem como jogável, mas ainda não há uma data fechada para essa atualização.

O jogo está disponível para os atuais consoles da geração, incluindo o Nintendo Switch, que, apesar de ter alguns problemas de otimização, receberá as atualizações previstas para as outras plataformas além de patches para melhorar desempenho. Bloodstained também pode ser jogado sem custo adicional para os assinantes da Xbox Game Pass e Xbox Game Pass para PC.

 

Via: IGN.com
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.