Créditos: Crowbar Collective

Black Mesa, remake de Half-Life feito por fãs, será lançado no dia 5 de março

Projeto que começou como um mod levou 14 anos para ser concluído
Por Fabio Rosolen 26/02/2020 12:49 | atualizado 26/02/2020 15:06 Comentários Reportar erro

Black Mesa teve um longo período de desenvolvimento. Em 2006, fãs de Half-Life decidiram portar o jogo para o novo (na época) engine Source - o mesmo engine usado como base para Half-Life 2. A Valve já havia tentado fazer o mesmo, mas o resultado não ficou muito bom.

A Crowbar Collective tinha como objetivo fazer uma versão de Half-Life que oferecia o mesmo nível de qualidade que sua sequência de 2004, mas com uma equipe pequena o progresso foi bem lento. Finalmente, 14 anos após o primeiro mod Black Mesa ser lançado, a versão completa do jogo será lançada em 5 de março via Steam.

Uma versão do remake estava disponível em acesso antecipado na Steam desde 2015. Esta versão não incluía o ato final de Half-Life, que se passa em outra dimensão conhecida como Xen. A Crowbar Collective queria reformular essa parte do jogo, já que ela era vista por muitos como o ponto mais fraco do Half-Life original.

Com uma jogabilidade mais suave, visuais aprimorados, elementos de história expandidos e um capítulo Xen redesenhado, Black Mesa pode se tornar a maneira definitiva de jogar Half-Life.

- Continua após a publicidade -

O jogo original foi lançado para PC em 1998 e foi um sucesso. Os críticos elogiaram a narrativa coesa do jogo, que tem o físico de partículas Gordon Freeman como protagonista. Para quem nunca jogou Half-Life, todos os jogos da franquia estão disponíveis gratuitamente* na plataforma Steam por tempo limitado

*Exceto Half-Life Deathmatch: Source

Desenvolvido com autorização da Valve, Black Mesa será lançado no dia 5 de março por R$ 36,99. Mais informações sobre o Remake de Half-Life podem ser encontradas na página do jogo na plataforma Steam.

Fonte: Engadget, Polygon
Tags
  • Redator: Fabio Rosolen

    Fabio Rosolen

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.