Créditos: Red Candle

Harvard vai preservar jogo taiwanês tirado da Steam por zombar presidente chinês

Game anterior da Red Candle, Detention, também entrará para coleção da instituição

O jogo de terror para computadores, Devotion, será preservado por uma das bibliotecas da Universidade de Harvard, dentro da coleção de obras da Ásia Oriental. O game, feito pela desenvolvedora taiwanesa Red Candle, foi removido da Steam logo após o seu lançamento.

Isso aconteceu por causa de uma polêmica que surgiu pela inclusão de arte zombando o presidente da China, Xi Jinping, dentro do game. Isso quer dizer que, apesar de não ser mais possível encontrar Devotion à venda, o game estará preservado na biblioteca Harvard-Yenching.

A novidade foi anunciado no perfil oficial da Red Candle no Facebook. A empresa também aproveitou para esclarecer que eles não vão a lugar nenhum, e que irão continuar desenvolvendo jogos da maneira que sempre fizeram.

"Sentimos muito por deixar nossa comunidade preocupada pelo último ano. Apesar do status atual não ser ideal, ainda estamos aqui e nada mudou – nós somos apaixonados e sempre vamos desenvolvedor jogos com a mesma paixão. É um ano difícil para muitos de nós, mas vamos seguir em frente, e temos esperanças de no futuro poder compartilhar mais trabalhos com vocês".
Comunicado oficial da Red Candle

"Sentimos muito por deixar nossa comunidade preocupada pelo último ano. Apesar do status atual não ser ideal, ainda estamos aqui e nada mudou – nós somos apaixonados e sempre vamos desenvolvedor jogos com a mesma paixão. É um ano difícil para muitos de nós, mas vamos seguir em frente, e temos esperanças de no futuro poder compartilhar mais trabalhos com vocês".
Comunicado oficial da Red Candle

- Continua após a publicidade -

O jogo anterior da Red Candle, Detention, também foi adicionado à coleção da biblioteca Harvard-Yenching.Trata-se de outro título de terror, mas que nesse caso segue à venda na Steam. Sua trilha sonora original também está disponível para ser comprada na plataforma.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.