Créditos: Reprodução

Brasil terá representante no primeiro mundial de Magic: The Gathering do novo circuito

Paulo Vitor, o PV, busca o único troféu que falta em sua carreira 

O Brasil contará com um representante no primeiro campeonato mundial do novo circuito de Magic: The Gathering (MTG), que acontecerá em fevereiro. Trata-se de Paulo Vitor Damo Rosa, o PV, que se classificou para a competição por sua posição na Magic Pro League (MPL) e buscará o único título que ainda não tem na carreira de jogador profissional.

“Esse torneio é ainda mais importante para mim porque é o objetivo que me falta no Magic. Além disso, é a chance que tenho de provar que ainda sou bom depois de tanto tempo competindo”, relata Paulo Vitor, que joga Magic desde 1996. 

PV disputou seu primeiro campeonato profissional no longínquo 2003, com 15 anos de idade, e desde então conquistou praticamente tudo o que um jogador de MTG pode alcançar. Ele está no Hall da Fama de Magic, foi escolhido jogador do ano na temporada 2016/2017, participou de 125 Grand Prix e já foi 15 vezes Top Finish. Além disso, possui 37 colocações no TOP 8 e detém vários recordes, como o de jogador com a maior premiação recebida na história (US$ 524.535,00) e de jogador mais novo a reunir 300 Pro Points  – antiga nomenclatura para os Mythic Points, a pontuação do ranking profissional.

Sobre o Magic World Championship, Paulo Vitor contou que não foi fácil conseguir uma vaga.“A classificação foi difícil e vou me esforçar ao máximo para trazer o troféu para o Brasil. Quando faltavam apenas dois torneios para acabar o ano, estava longe do TOP 4, mas o segundo lugar no Pro Tour e o sexto no Mythic Invitational, mudaram minha colocação. Foi uma ótima surpresa”.

O mundial de Magic: The Gathering ocorre entre os dias 14 e 16 de fevereiro, em Honolulu, no Havaí, e terá premiação total de US$ 1 milhão, sendo US$ 300 mil para o campeão. Todas as partidas serão transmitidas pelo canal oficial de MTG na Twitch.

Assuntos
Tags
  • Redator: Gabriel Tagarro

    Gabriel Tagarro

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.