Créditos: Electronic Arts

Patrick Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, derrota a "maldição do Madden NFL"

Desde 2001, o jogador ou equipe que estampava a capa da franquia da EA Sports não faturava o Super Bowl

No último domingo (03), na cidade de Miami, aconteceu um dos eventos mais importantes do esporte mundial, a final da liga profissional de futebol americano (NFL), entre as equipes de Kansas City Chiefs e San Francisco 49ers. Em um jogo bastante movimentado, os Chiefs acabaram virando o jogo no último quarto, e derrotaram os 49ers pelo placar de 31x20, e assim, faturando o Super Bowl LIV.

Um dos grandes destaques dessa partida foi o quarterback de Kansas City, Patrick Mahomes, que apesar das estatísticas não chamarem a atenção (completando 26 dos 42 passes tentados, para 286 jardas, com 2 touchdowns e 2 interceptações), o jogador foi peça fundamental para a vitória dos Chiefs, o que também lhe rendeu o prêmio de MVP (Most Valuable Player) da partida.

Junto com esses feitos, Mahomes também foi responsável por derrubar uma famosa estatística vinda do mundo dos videogames: de quebrar de vez a "maldição do Madden".

Para quem não conhece, desde que a franquia de games sobre a NFL, Madden, decidiu incluir em sua capa algum jogador que se destacava durante a última temporada, a franquia da qual esse jogador fazia parte do elenco não ganhava o Super Bowl.

A única "exceção" ocorreu na temporada 2016/2017, quando o New England Patriots venceu o Super Bowl LI, sendo que Rob Gronkowski, tight end da equipe, estampou a capa do Madden NFL 17. Entretanto, o jogador sofreu com várias contusões ao longo da temporada regular, o que impediram ele de jogar a final da NFL.

- Continua após a publicidade -

Com isso, Mahomes se tornou o primeiro jogador a, de fato, ser capa do Madden NFL da respectiva temporada, jogar e vencer um Super Bowl.

Famosa simulação no Madden acertou o vencedor e MVP do Super Bowl LIV

Outra tradição do Super Bowl que envolve os videogames é o famoso palpite feito através do jogo Madden NFL, onde nos últimos 15 anos, a EA Sports tenta acertar o placar do Super Bowl utilizando o "Modo Simulação" presente no game.

No ano passado, com o Super Bowl LIII entre New England Patriots e Los Angeles Rams, a EA Sports previu uma vitória da equipe dos Rams pelo placar de 30-27, porém, o que se viu foi um jogo bastante truncado e a vitória acabou sendo dos Patriots por 13-3.

- Continua após a publicidade -

Já nesse ano, a desenvolvedora acabou acertando o vencedor da final da NFL (Kansas City Chiefs) e o MVP da partida (Patrick Mahomes), apesar de ter errado o placar (35-31 para os Chiefs).

Com isso, dos 17 palpites dados pela EA Sports, foram 11 acertos e 6 erros, sendo que em 2015, com o Super Bowl XLIX entre New England Patriots e Seattle Seahawks, o game da época (Madden NFL 15) previr com exatidão o placar do jogo (28-24 para os Patriots).

O atual game da franquia, Madden NFL 20, está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC, podendo ser jogado também através do EA/Origin Access.

Fonte: GloboEsporte.com, Polygon
Tags
  • Redator: Pedro Henrique

    Pedro Henrique

    Formado em Informática e tecnólogo em Jogos Digitais, amante de games (principalmente os de corrida), curte uns hardwares e assim como Pink e o Cérebro, buscando o plano para dominar o mundo.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.