Créditos: Intel/InterNerdZ

Intel Core i9-10900K aparece no 3DMark com clock boost de 5.1 GHz [Rumor]

Modelo mais potente da linha Comet Lake para desktops deve contar com 10 núcleos e 20 threads
Por Pedro Henrique 01/02/2020 13:58 | atualizado 01/02/2020 14:03 Comentários Reportar erro

Enquanto a geração Comet Lake para desktops não chega oficialmente ao mercado, os rumores sobre a nova linha de processadores da Intel para o ano de 2020 ganha mais um episódio, dessa vez envolvendo um dos modelos mais aguardados pela comunidade.

Vasculhando o banco de dados de testes realizados na ferramenta de benchmarks 3DMark, o usuário do Twitter @_rogame encontrou alguns detalhes do possível Intel Core i9-10900K, que possivelmente será o melhor processador da empresa para o segmento mainstream.

Analisando os dados do 3DMark, a primeira conclusão que se faz é de que, enfim, a Intel estará aumentando a quantidade de núcleos e threads da linha Core i9, passando para uma configuração de 10 núcleos e 20 threads (rumores apontam também um cache L3 de 20 MB), tornando o processador mais competitivo contra os AMD Ryzen 7 e Ryzen 9 de 3ª geração.

- Continua após a publicidade -

Os clocks do Core i9-10900K também receberam um incremento, quando se comparado ao seu irmão da geração Coffee Lake, Core i9-9900K, possuindo um clock base de 3.7 Ghz e chegando até os 5.1 GHz (número correspondente ao clock boost em single-core).

Esses números ainda podem sofrer alterações, como é informado pelo site Tom's Hardware, onde rumores apontam a implementação das novas tecnologias da Intel, Turbo Boost Max Technology 3.0 e Thermal Velocity Boost (TVB), que permitiria aumentar os clocks do Core i9-10900K para até 5,3 GHz.

Nova geração = novo socket

No teste do 3DMark, não é apresentando o TDP ou o processo de fabricação do Core i9-10900K, mas conforme informações vazadas anteriormente, possivelmente o processador deca-core da Intel teria consumo na casa dos 300W, um número assustador que o colocaria no mesmo nível de consumo de energia do AMD Ryzen Threadripper 3970X, uma CPU de 32 núcleos e 64 threads.

- Continua após a publicidade -

Com a chegada dos novos processadores Comet Lake para desktops, ainda utilizando o processo de fabricação em 14 nm, provavelmente também teremos a introdução de um novo socket, se tratando do LGA1200, portanto, sendo necessário também a compra de uma nova placa-mãe com algum dos chipsets da futura série 400.

Caso os rumores se confirmem, a Intel deverá lançar os processadores de desktop Comet Lake e seu novo chipset durante o mês de abril.

Fonte: Tom's Hardware, TechRadar
  • Redator: Pedro Henrique

    Pedro Henrique

    Formado em Informática e tecnólogo em Jogos Digitais, amante de games (principalmente os de corrida), curte uns hardwares e assim como Pink e o Cérebro, buscando o plano para dominar o mundo.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.