Créditos: HotHardware.com

Novo padrão de memórias NAND promete baratear ainda mais os SSDs

Kioxia em parceria com a Western Digital desenvolveram 5ª geração de BiCS NAND com estrutura de 112 camadas empilhadas
Por Daniel Trefilio Carvalho 31/01/2020 17:42 | atualizado 31/01/2020 18:11 Comentários Reportar erro

A BiCS5 (Bit Cost Scalable 5ª geração) desenvolvidas com tecnologias de células de três e quatro níveis (triple-level-cell e quad-level-cell) de 112 camadas empilhadas, em pareceria entre Kioxia e Western Digital, vai permitir capacidades de armazenamento excepcionais, ótimo desempenho, confiabilidade, além de possibilitar preços mais atraentes, dado o atual contexto dos valores de memórias NAND.

A Kioxia  (antiga Toshiba) pretende começar a enviar amostras do novo produto para aplicações específicas, com capacidade de 512 gigabits (64 gigabytes) construído com tecnologia de 3-bits-por-celula (TLC), ainda no primeiro trimestre de 2020. A produção em maior volume do BiCS5 voltada para o mercado está planejada para a segunda metade de 2020. O novo formato de memória terá aplicabilidade em diversas aplicações, desde dispositivos móveis, SSDs para consumidor padrão e empresas, novas aplicações que possam surgir com a maior difusão das redes 5G, inteligência artificial e veículos autônomos. Futuramente a Kioxia pretende aplicar  esse novo processo de fabricação de BiCS5 em dispositivos com mais capacidade com 1 terabit (128 GB) TLC  e 1.33 terabit (QLC).

A segunda geração de tecnologia de memória em múltiplas camadas, processos de engenharia aprimorados e outras evoluções em células NAND 3D, aumentam significativamente a densidade de arranjos células na wafer. Esses avanços no escalonamento lateral, combinados com as 112 camadas empilhadas, garante que o BiCS5 ofereça até 40% mais bits de armazenamento por wafer, comparado com a atual tecnologia BiCS de 96 camadas, além de otimizar o custo. Essas melhorias em design ainda possibilitam também um aumento de desempenho nas velocidades de entrada e saída de dados (I/O) de até 50% se comparado ao atual BiCS4.

- Continua após a publicidade -

A quinta geração de BiCS FLASH será produzida na nova fábrica em Kitakami, além da fábrica de Yokkaichi, ambas no Japão.

Via: Guru3D
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.