Créditos: Ubisoft/ Divulgação

Diretor de Watch Dogs: Legion concede entrevista de dentro do game

Clint Hocking conversou com a BBC sobre a abordagem de temas reais no jogo

Muitos jogos têm levado cada vez mais a sério temas do “mundo real”, como a política. Watch Dogs: Legion, por exemplo, um dos maiores lançamentos da Ubisoft para 2020, tem o Brexit – a saída do Reino Unido da União Europeia – como pano de fundo. E para falar sobre a abordagem do game acerca do assunto, a empresa decidiu fazer algo inusitado: levou um repórter da BBC para dentro do jogo.

Marc Cieslak, da BBC Click, foi convidado pela desenvolvedora para viajar até Toronto, no Canadá, onde passou pelo processo de captura de movimentos para que pudesse ser recriado dentro de Watch Dogs: Legion. O mesmo foi feito com o diretor criativo Clint Hocking e ambos conversaram em uma Piccadilly Circus –  famosa praça londrina – virtual.

Na entrevista, Cieslak questionou Clint Hocking sobre como o uso de eventos políticos reais poderia repercutir entre os gamers. Watch Dogs: Legion se passa em uma Londres fictícia pós-Brexit, onde todos vivem em estado de vigilância constante e sob um sistema opressivo contra o qual os jogadores deverão lutar.

O diretor explicou que os games não são muito diferentes dos filmes ou livros enquanto cultura. Segundo ele, "é nossa responsabilidade observar as coisas que estão acontecendo no mundo ao nosso redor e ter algo a dizer sobre isso. Para criar algo que seja significativo, que as pessoas possam olhar e se envolver", destacou.

- Continua após a publicidade -

A conversa não se aprofunda ao ponto de revelar muitos detalhes sobre o game. Hocking conta, no entanto, informações curiosas sobre a produção do jogo. Ele diz, por exemplo, que a Ubisoft teve que pensar em muitos detalhes relacionados ao nosso presente e futuro. Segundo ele, a desenvolvedora considerou diversos tópicos como a regulamentação do uso de drones e carros autônomos.

Depois de ter sido adiado, Watch Dogs: Legion deve chegar no fim de 2020. Com versões versões confirmadas para PC, Playstation 4, Xbox One e Google Stadia, o jogo pode ser lançado também para PS5 e Xbox Series X, segundo rumores.

Via: TechRadar
Tags
  • Redator: Gabriel Tagarro

    Gabriel Tagarro

    Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.