CONFIRMADO: Placa de vídeo Radeon RX 5600 XT tem update de BIOS antes do lançamento

Na briga com NVIDIA a AMD muda aos 45 do segundo tempo lançamento da RX 5600 XT
Por Fabio Feyh 21/01/2020 08:51 | atualizado 21/01/2020 16:39 Comentários Reportar erro

Nos últimos dias vimos uma disputa que a muito tempo não víamos no segmento de placas de vídeo, envolvendo logicamente as duas grandes do ramo (enquanto a Intel não entra), AMD e NVIDIA. Durante a CES 2020 a AMD anunciou a Radeon RX 5600 XT, sua placa voltada ao segmento intermediário indicada para quem busca jogar em FullHD em alta qualidade, ao custo de $279 dólares. Na própria CES a EVGA já anunciou o modelo GeForce RTX 2060 KO custando os mesmos $279 por tempo limitado, e poucos dias depois a NVIDIA anunciou um corte na RTX 2060 que passa a custar $299.

Ao que tudo indica, a RTX 2060 terá um desempenho maior além de suportar o tão falado Ray Tracing, por isso os $20 dólares a mais, porém hoje tivemos a confirmação de um boato um tanto quanto inusitado quando se trata de lançamentos de placas de vídeo. Foi confirmado uma nova versão de BIOS para as placas Radeon RX 5600 XT, que sequer chegaram ao mercado ainda, e de acordo com os fabricantes, a BIOS tem como principal finalidade justamente dar um UP no desempenho das placas, aumentando o TGP(energia que o chip vai receber) e frequências com clocks mais altos.

De acordo com o site do modelo Gigabyte RX 5600 XT Gaming, as memórias teriam clock de 12GHz, ao clicar em download a última versão de BIOS disponível indica que as memórias passam a trabalhar em 14GHz.

Nova BIOS promete maior desempenho para brigar com RTX 2060

Ainda não sabemos a real mudança que essas placas vão ter com a mudança de BIOS, mas iremos fazer esses testes antes e depois para ver o quanto isso mudou e como vai deixar as Radeons RX 5600 XT mais atrativas nessa briga com as RTX 2060.

- Continua após a publicidade -

ASRock Radeon RX 5600 XT
ASUS Radeon RX 5600 XT
Gigabyte Radeon RX 5600 XT
MSI Raden RX 5600 XT

Como esse anuncio está acontecendo de última hora, acredito que vários fabricantes já devem ter enviado suas placas para distribuição, sendo assim o usuário terá que fazer o processo de atualização. A principio é simples e feito dentro do próprio Windows, mas certamente uma fatia muito grande de usuários que comparem esses modelos com a primeira versão da BIOS não irão fazer o processo por desconhecimento e dessa forma não terão esse ganho de desempenho. A recomendação é ficar de olho no site oficial do modelo que comprar.

  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.