Créditos: Tom's hardware | Wccftech

AMD Zen 3: Chipsets da série 600 terão suporte para USB 4.0

Os chipsets podem manter o soquete AM4, o padrão PCIe 4.0 e trazer Thunderbolt 3 nativo
Por Saori Almeida 17/01/2020 14:08 | atualizado 17/01/2020 15:29 Comentários Reportar erro

De acordo com a programação que anda circulando, a AMD planeja lançar um combo de novidades no final de 2020: a arquitetura Zen 3, os processadores da série Ryzen 4000 e os novos chipsets da série 600. Falando especificamente desses últimos, as informações mais recentes indicam  que os chipsets chegarão ao mercado com suporte tanto para USB 3.2, que já conhecemos bem, quanto para USB 4.0.

As apostas giram em torno de um chipset X670 (nome não confirmado) que, além do novo suporte USB, manterá o soquete AM4, o padrão PCI-Express 4.0 e pode apresentar suporte nativo ao Thunderbolt 3. Por outro lado, temos também quem acredite em uma mudança de soquete - que acabaria com a compatibilidade de versões anteriores, mas poderia trazer novos avanços como o padrão de memória DDR5 e o PCIe 5.0.

A dúvida é válida quando lembramos que, quando o soquete AM4 foi lançado, a AMD confirmou que ele teria suporte até 2020. A empresa estaria cumprindo a promessa se lançasse o novo chipset com esse soquete (ele chegaria no final de 2020, mas ainda é 2020), mas o suporte oferecido já tem bons 4 anos. Infelizmente, não temos como adivinhar se a AMD considera isso como hora de seguir em frente ou não. 

Se tudo estiver de acordo, os chipsets série 600 devem chegar ao mercado suportando a nova arquitetura Zen 3 e, consequentemente, os processadores Ryzen 4000. As promessas para esses novos componentes, que trarão o novo nó de 7nm+, são altos ganhos de IPC, melhorias na arquitetura das CPUs, etc. Vale lembrar que os Ryzen 4000 com a nova arquitetura serão os modelos para desktop. Os processadores para notebook mantém a arquitetura Zen 2.

Novamente, o lançamento desse pacote de novidades está programado para o final de 2020. Sabemos até então que a empresa responsável pelos chipsets da série 600 é a ASMedia Technology, que também desenvolveu os chipsets série 500 em parceria com a AMD (com exceção do X570). 

Via: Tweak Town
  • Redator: Saori Almeida

    Saori Almeida

    Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Você investiria mais do que o preço padrão por uma edição especial de uma placa de vídeo? Quanto?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.