Créditos: Nintendo

Pokémon Sword e Shield vão receber dois DLC pagos com novas campanhas em Expansion Pass

Nintendo mostrou extra em sua Direct, e a primeira parte chega em junho
Por João Gabriel Nogueira 09/01/2020 12:02 | atualizado 09/01/2020 12:03 Comentários Reportar erro

A Nintendo realizou um Direct inteiramente focado em Pokémon nesta manhã de quinta-feira (dia 9). Durante sua apresentação, a produtora revelou o Expansion Pass para Pokémon Sword e Shield, que vai trazer duas novas aventuras para o game - não ficou claro se elas poderão ser adquiridas separadamente. Os desenvolvedores compararam o novo conteúdo com as "terceiras versões" que apareciam nos games antigamente, como foi com Pokémon Crystal e Pokémon Platinum, por exemplo.

A expansão vai ser dividida em duas partes: The Isle of Armor chegando primeiro - em junho - e The Crown Tundra chegando depois, entre setembro e novembro. Cada uma traz uma área nova e uma história própria, uma "aventura inédita", como foi explicado.

E claro que teremos novos Pokémon no conteúdo extra, tanto inéditos como antigos sendo trazidos exclusivamente nessas áreas. Também serão introduzidas novas formas Gigantamax, inclusive para os novos starters, que vão receber as formas logo na primeira parte, a Isle of Armor. Serão adicionados 200 pokémon clássicos na expansão e é possível obtê-los sem comprar os DLC, através de trocas. Além disso, teremos novas "Galarian Forms" de pokémon antigos, como um Galarian Slowbro, por exemplo. A Nintendo ainda um novo recurso, Pokémon Home, que vai permitir transferir seus pokémon dos games Let's Go para Sword e Shield, contanto que sejam monstrinhos que aparecem nesses games, mesmo que tenham sido trazidos depois, pelo DLC.

- Continua após a publicidade -

O conteúdo extra introduz também novos itens cosméticos, tanto para os treinadores, como para a bicicleta. 

A Expansion Pass para Pokémon Sword e Shield entra na pré-venda hoje mesmo, por US$ 30.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.