Créditos: Let's Go Digital

PS5 é o console mais fácil para se desenvolver jogos, afirma Sony

Executivos insinuam que nova máquina da Sony compartilha arquitetura com o PS4
Por Carlos Felipe Estrella 30/12/2019 09:31 | atualizado 30/12/2019 09:33 Comentários Reportar erro

Os executivos da Sony estão dizendo que os desenvolvedores encontram facilidade na transição entre a geração do PlayStation 4 para o PlayStation 5, e que o novo console tem sido elogiado como o mais fácil de se programar da história. Como aponta o site Tweak Town, isso indica que o PS5 teria uma arquitetura bastante parecida com o seu antecessor, incluindo a similaridade dos seus kits de desenvolvimento.

Isso apesar de algumas novidades que estão sendo introduzidas com a nova geração de consoles, como a GPU impulsionada pela arquitetura RDNA 2 e o processador baseado em chips Zen 2. Para evitar que essas mudanças se tornassem dores de cabeça para os programadores, a equipe de engenheiros da Sony trabalhou para garantir uma sinergia entre softwares e sistemas operacionais de PS5 e PS4.

"Uma coisa que me deixa particularmente otimista é que, pelo que temos ouvido dos desenvolvedores e dos distribuidores, há uma facilidade e fazer os códigos rodarem no PlayStation 5 que vai além de qualquer experiência que tivemos com qualquer outra plataforma PlayStation".
Jim Ryan, chefe da divisão PlayStation da Sony

"Uma coisa que me deixa particularmente otimista é que, pelo que temos ouvido dos desenvolvedores e dos distribuidores, há uma facilidade e fazer os códigos rodarem no PlayStation 5 que vai além de qualquer experiência que tivemos com qualquer outra plataforma PlayStation".
Jim Ryan, chefe da divisão PlayStation da Sony

O desafio dos engenheiros da Sony estava em oferecer uma pipeline de software boa e flexível o suficiente para impulsionar o hardware do PlayStation 5 até os seus limites. Ao mesmo tempo, era necessário permitir que os motores gráficos e jogos feitos para PlayStation 4 possam ser escalados para abrigar recursos inéditos como Ray Tracing e Variable Rate Shading. Afinal, ambos os consoles devem coexistir ao menos por alguns anos – especialmente se levarmos em conta a existência do PS4 Pro.

Via: Tweak Town
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.