Créditos: RHTK

Manifestantes de Hong Kong enfrentam defensores da China em GTA Online

Confronto de ideias da vida real ganhou nova dimensão no jogo da Rockstar Games

Manifestantes a favor da autonomia de Hong Kong estão levando os seus protestos a um novo nível ao batalhar com defensores da China em campos de batalha virtuais no game Grand Theft Auto Online. De acordo com a CNN, tudo começou quando jogadores da região semi-autônoma descobriram que poderiam vestir seus avatares virtuais como manifestantes.

Para isso, eles utilizaram os trajes que se popularizaram durante os protestos de 2019 na região, incluindo roupas pretas, máscaras de gás e capacetes amarelos de segurança. O conceito então foi se espalhando através da rede social LIHKG, que é um equivalente do Reddit bastante popular em Hong Kong.

Os cidadãos de Hong Kong então começaram a simular no game os comportamentos comuns durante os protestos. Isso inclui jogar bombas de gasolina, vandalizar estações de trem e atacar a polícia dentro do mundo aberto compartilhado de Grand Theft Auto Online.

- Continua após a publicidade -

Isso atraiu a atenção de jogadores da China continental, que começaram a usar a rede social Weibo para se reunirem e enfrentarem os manifestantes. Esses usuários então começaram a se vestir como tropas de choque da polícia, repetindo expressões ofensivas usadas pelas forças da lei para se referir aos membros do protesto e demonstrando apoio mútuo nas redes sociais.

O resultado disso foram batalhas intensas, que aconteceram de maneira simultânea nos servidores do game e foram transmitidas ao vivo em canais do YouTube e do Twitch. A realidade dos protestos passou a se repetir no game, incluindo bombas de gasolina sendo jogadas em policiais, que respondem com canhões de água e o uso de gás lacrimogênio.

Ainda segundo a publicação, uma cena bastante comum era a vitória dos jogadores da China continental, que geralmente estavam em maiores números do que os manifestantes de Hong Kong. De qualquer modo, alguns membros do protesto defendem que o acontecimento valeu a pena somente por trazer consciência para a situação de Hong Kong em todo o mundo.

"[GTA] é uma maneira divertida de se engajar com pessoas com diferentes pontos de vista e conversar com elas, já que você pode ter até 30 estranhos num servidor que não sabem muito sobre Hong Kong".
Mickey Chang, streamer do canal Minilife HK

"[GTA] é uma maneira divertida de se engajar com pessoas com diferentes pontos de vista e conversar com elas, já que você pode ter até 30 estranhos num servidor que não sabem muito sobre Hong Kong".
Mickey Chang, streamer do canal Minilife HK

Via: CNN
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.