Créditos: Juhani Luumi

Placa-mãe EVGA SR-3 quebra recorde mundial e tem detalhes divulgados

Peça de hardware vem com design diferenciado de VRM e socket LGA 3647
Por Carlos Felipe Estrella 17/12/2019 16:39 | atualizado 17/12/2019 16:39 Comentários Reportar erro

A placa-mãe EVGA SR-3 Dark teve novos detalhes divulgados na internet depois que a sua primeira análise oficial foi publicada pelo overclocker finlandês Juhani Luumi. Esse é o modelo mais cheio de recursos da empresa a trazer o socket Intel LGA-3647, com o seu design tendo sido pensado exclusivamente para o uso com o processador Intel Xeon W-3175X de 28 núcleos. Esse é o único modelo HEDT da classe de workstations da Intel

No momento, há apenas três placas-mãe no mundo que suportam a CPU profissional da Intel e a EVGA SR-3 Dark é uma delas. A peça da EVGA foi exibida inicialmente durante a Computex 2019, mas desde então o seu design foi retrabalhado pela equipe da empresa. O seu lançamento está previsto para acontecer entre o final de dezembro deste ano e o começo de janeiro de 2020.

A EVGA SR-3 Dark possui seis slots de memória DIMM SMT, o que permite um overclock de RAM com frequências altas e latências baixas. Como aponta o site WCCF Tech, porém, a outras placas-mãe com o socket LGA 3647 costumam trazer 12 slots DIMM próximos ao espaço destinado ao processador.

- Continua após a publicidade -

Enquanto isso, o modelo da EVGA compensa ao ser a única que traz um water block sobre os VRMs e o PCH. Com isso, os usuários podem maximizar o potencial de resfriamento da sua placa-mãe ao usar um sistema de resfriamento líquido. O bloco sai desde o topo da placa-mãe e acaba na parte inferior dela, trazendo um visual diferenciado para a SR-3 Dark.


Fonte: WCCF Tech

A placa-mãe não traz LEDs RGB nativos, o que sempre é uma decisão divisiva no mercado entusiasta. A EVGA SR-3 Dark traz um controlador Intersil Nova-1 PWM, que seria o ES PWM IC. A placa-mãe vem com VRM Intersil 99380 (80A) com 18+1 fases de energia (CPU + VCCO). Isso é o suficiente para fornecer ao menos 1200W de potência para o socket da CPU.


Fonte: Juhani Luumi

Esse acaba por ser um design menor do que a opção de 32 fases encontrada na Asus ROG Dominus Extreme. Mas a justificativa da EVGA é que eles desejavam maximizar o desempenho por área ao escolher por um tamanho bem específico para o design da SR-3 Dark.

- Continua após a publicidade -


Fonte: EVGA

Via: WCCF Tech
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.